Google Home Hub é a nova aposta do Google para controlar a casa inteligente

Carla Matsu
09 de outubro de 2018 - 14h30
Alto-falante com Google Assistente traz tela e funções para controlar todos os dispositivos conectados da sua casa; Aparelho é o novo concorrente do Amazon Echo Show

O Google apresentou nesta terça-feira (9) durante o Made by Google sua grande aposta para controlar dispositivos conectados da casa, o Google Home Hub. O novo hardware é o mais novo concorrente do Echo Show, o alto-falante inteligente com tela da Amazon. Vale lembrar que os smart speakers das duas gigantes de tecnologia já vinham duelando desde o início deste ano para quem será aquele mais onipresente nas casas de usuários conectados mundo afora. 

Mas o que você levará ao comprar um Google Home Hub por US$ 149 dólares (valor de lançamento no varejo dos Estados Unidos)? Segundo Diya Jolly, Vice Presidente de produto do Google, simplicidade para controlar todas aqueles dispositivos inteligentes, que vão desde o Google Home, o Chromecast, lâmpadas inteligentes da Phillips, termostato e câmeras de segurança da Nest e outras tantas possibilidades, já que a companhia disse que o Home Hub possui integração com mais de mil marcas e 10 mil aparelhos.

“Para controlar esses dispositivos, eu teria que ir a muitos aplicativos. Não há um lugar único para fazer isso”, compara a executiva. O recurso Home View do Hub propõe a resolver isso. Ele traz um painel de controle que dá acesso rápido aos aparelhos conectados. Você ainda pode acessá-lo por meio do Google Assistente integrado a ele, ou seja, conversando diretamente com a tela.  “Pela primeira vez, tudo está em apenas um lugar e é facilmente acessível a todos da casa”, completou Diya. A companhia também lançou um aplicativo móvel equivalente para que você possa controlar esse universo de sensores domésticos mesmo quando estiver distante. 

Um dos grandes diferenciais do Home Hub para um Google Home é sua tela de 7 polegadas. Algo que poderia colocar em cheque a sua privacidade. Mas o Google se adiantou e ressaltou que não integrou uma câmera ao novo produto pensando exatamente nisso. “Nós construímos o Google Home Hub especificamente para o que a sua casa deve fazer”, resumiu Diya tentando distanciar as preocupações de privacidade que se levantaram acerca do novo aparelho do Facebook, o Portal, lançado ontem. O dispositivo dedicado a videochamadas conta com uma câmera inteligente que supostamente segue o usuário para onde ele for, claro, até onde for o alcance da lente grande angular.

Multi-tasking

Como estamos falando de um produto do Google, outro atrativo do Home Hub diz respeito à integração com os serviços da própria companhia. Neste caso, o YouTube e o Google Fotos. Caso você coloque o seu Hub na cozinha, você pode pedir a ele para que o YouTube apresente uma receita de cookies ou qualquer coisa que a sua fome e criatividade exigir. A tela também foi otimizada para exibir fotos do Google Fotos. De acordo com o Google, apenas aquelas "que realmente importam", como imagens das suas férias, amigos e familiares. Para entregar esse tipo de coisa, o Google disse que usa AI para selecionar as imagens dignas das visitas verem.

Outros recursos inteligentes estão na habilidade do aparelho identificar a luz ambiente para aumentar ou diminuir o brilho da tela. A companhia disse que faz isso através de sensores e algoritmos. Uma vez que é dedicado a ficar na sua casa e se propõe a ser usado por qualquer pessoa da família, o Google Home Hub também conta com um recurso de “voice match”, que segundo a empresa consegue identificar quem é o dono da voz que está dizendo os comandos. Algo que pode ser útil para o controle parental, por exemplo. Ainda sobre o último, o Google afirma que há filtros para controle supervisionado dos pais. Uma vez habilitados, a tela não apresentará conteúdos considerados inapropriados.

O Google Home Hub estará disponível em quatro cores - verde, rosa, cinza escuro e branco. A companhia ainda não revelou planos de lançamento global do aparelho.