Com desktops em baixa, vendas de PCs crescem 14% no Brasil

Da Redação
04 de setembro de 2018 - 15h29
Segundo estudo da IDC, foram comercializadas 1,415 milhão de unidades no país entre abril e junho. Laptops dominam o setor.

O mercado de PCs no Brasil alcançou a marca de 1,415 milhão de unidades vendidas entre abril e junho, número 14% maior do que o registrado no mesmo período do ano passado, conforme informações da IDC. Segundo a consultoria, esse volume também é 5,5% superior ao total de PCs vendidos no primeiro trimestre de 2018. 

E o segmento não cresceu apenas em unidades vendidas, mas também em receita, conforme o IDC Brazil PCs Tracker Q2. Isso porque as vendas de PCs no país movimentaram 3,568 bilhões de reais no segundo trimestre, 27,5% a mais do que no mesmo período de 2017 e 19% a mais do que no primeiro trimestre de 2018. 

De acordo com o analista de pesquisas da IDC, Wellington La Falce, esse aumento nas vendas se deve principalmente ao movimento do governo e do mercado educacional. “Tradicionalmente, em anos de eleição, as compras são intensificadas para garantir atualização do parque em caso de mudanças ou futuros congelamentos nos investimentos”, explica.

Desktops em baixa

Vale destacar que os desktops continuaram em baixa no segundo trimestre de ano.  Isso porque quase 70% dos PCs vendidos no período no país foram de notebooks (977,5 mil), contra 436,9 mil modelos de mesa.

Em termos de receita, as vendas de desktops movimentaram 935 milhões de reais, bem menos do que os 2,632 bilhões de reais dos notebooks, segundo a consultoria de mercado.