Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 terão sistema de reconhecimento facial

Da Redação
08 de agosto de 2018 - 09h00

Imagem: Tokyo 2020

Os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020 serão os primeiros da história a contar com um sistema de reconhecimento facial para fornecer mais segurança e facilitar a circulação dos presentes evento esportivo, conforme anunciado nesta semana pelos seus organizadores. As informações são da Reuters.

Revelada nesta terça, 7/8, a plataforma em questão foi desenvolvida pela fabricante local NEC e será usada para identificar de forma rápida e segura mais de 300 mil pessoas nas Olimpíadas, incluindo atletas, jornalistas, funcionários e voluntários, conforme a agência de notícias.

O sistema de reconhecimento facial estará presente nas mais de 40 instalações da competição e funcionará em conjunto com chips IC, que ficarão embutidos nos cartões de identificação para verificar as identidades de forma automática – para isso, os frequentadores precisarão fornecer fotos à organização antes do início do evento, previsto para julho de 2020.

De acordo com a NEC, essa tecnologia foi testada nos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016, e também já está presente em diferentes locais do mundo, incluindo aeroportos. O VP sênior da companhia, Masaaki Suganuma, o serviço reconhece os rostos corretamente em 99,7% dos casos.