15 fórmulas simples para quem deseja aperfeiçoar o uso do Excel

IDG News Service
02 de agosto de 2018 - 08h00
Funções disponíveis devem avançar o seu trabalho e planejamento no dia a adia

Aqueles que sabem usar o Excel muito bem adoram falar sobre quão poderosa a ferramenta é, com tabelas dinâmicas, fórmulas e lógicas. Mas a maior parte das pessoas não sabe usar a maioria das funções disponíveis. Confira algumas delas: 

= SUM () 

A primeira função que alguém deve saber é informar ao Excel para executar a aritmética básica. Se o usuário quiser que os números na célula A2 e na célula B2 sejam adicionados juntos na célula C2, basta inserir = SUM (A2: B2) em C2 e, em seguida, pressionar Enter. 

= MEDIAN () 

A mediana e a média costumam ser confusas, mas não são a mesma coisa. A mediana leva um grupo de números, como 2, 6, 15, 31 e 56, e descobre o seu ponto médio. Em outras palavras, metade dos números está acima da mediana e metade está abaixo. 

Para obter a mediana para o grupo acima na coluna E, na célula E7, digita-se a fórmula = MEDIAN (E2: C6) e pressiona-se Enter. 

= MIN () 

Quem precisa encontrar o menor número em um intervalo de células, MIN pode ajudá-lo. Usando = MIN (B3: B39), ele revela o menor número contido nessas células. 

= MAX () 

Max é a contrapartida de MIN e faz o oposto, mostrando o maior número contido em um intervalo de células. 

= TRIM () 

Ao copiar texto de outro programa para o Excel, muitas vezes pode acabar com o excesso de espaço em branco que deixa a planilha feia. O TRIM pode ajuda a limpá-las. 

A ferramenta só pode lidar com texto de uma única célula. Portanto, o usuário pode começar limpando o texto na célula B1 digitando = TRIM (B1) na célula C1, por exemplo. O resultado será limpo texto na célula C1. 

= COUNT () 

Se o usuário precisar saber quantas células em um determinado intervalo contém números, basta usar a função COUNT. Se tiver uma combinação de números e texto nas células A21-A50, por exemplo, digite na célula A51 = COUNT (A21: 50) e terá a resposta. 

= COUNTA () 

Semelhante ao exemplo acima, a pessoa pode usar = COUNTA () para contar o número de células em um determinado intervalo que contém caracteres, como números, texto ou símbolos, bem como valores de erro. 

= LEN () 

Se a pessoa quiser contar o número de caracteres em uma única célula, incluindo espaços em branco, pode usar LEN. Quer saber quantos caracteres estão na célula A1? Basta digitar = LEN (A1) em uma célula diferente. 

= CONCATENAR () 

A ferramenta pega dados de duas células e as transforma em uma. 

= DAYS () 

Quer saber o número de dias entre duas datas em uma planilha? Se tivesse, por exemplo, 5 de setembro de 2018 na célula A4 e 27 de dezembro de 2018 na A5, basta usar = DAYS (A5, A4) para obter a resposta como um número negativo ou, ao reverter a ordem das células, daria um número positivo. 

= NETWORKDAYS () 

Se o usuário precisar saber quantos dias da semana esse intervalo abrange, deve usar NETWORKDAYS. 

= SQRT () 

Precisa saber a raiz quadrada de 1764? Basta digitar = SQRT (1764) em uma célula e pressionar Enter. 

= NOW () 

Para ver a data e a hora atuais é preciso digitar = NOW () na célula onde deseja. Para ver uma data futura a partir de agora, pode usar algo como = NOW () + 32. A função now não aceita argumentos, portanto, não coloque nada entre os colchetes. 

= ROUND () 

Como o próprio nome sugere, esta função permite arredondar os números. A ferramenta requer dois argumentos: um número ou célula e o número de dígitos para arredondar. Se tiver o número 231.852645 em A1, por exemplo, = ROUND (A1, 0) lhe dará 232, = ROUND (A1, 1) lhe dará 232.9, e = ROUND (A1, -1) retornará 230. 

= ROUNDUP (), = ROUNDDOWN () 

Se o usuário quiser mais controle direto sobre arredondamento para cima ou para baixo, existem funções para isso também. ROUNDUP e ROUNDDOWN usam exatamente o mesmo formato de argumento que ROUND.