AMD anuncia novo processador Threadripper 2 com 32 núcleos e 64 threads

PC World / EUA
06/06/2018 - 08h46
Revelado durante a Computex 2018, chip chega apenas um dia após a rival Intel apresentar um processador Core de 28 núcleos.

Um dia depois da Intel impressionar a Computex 2018 com um chip Core de 28 núcleos, foi a vez da AMD fazer o mesmo, mas com um novo processador Threadripper 2 de 32 núcleos e 64 threads. 

O Threadripper 2 foi o principal destaque da conferência de imprensa da AMD na feira de tecnologia, que não teve muito a oferecer em termos de novos anúncios de placas gráficas. A AMD disse que a minúscula Vega 56 Nano, para sistemas mini-ITX, já está à venda. Além disso, a empresa também mostrou uma versão de 7 nanômetros da sua GPU Radeon Veja para estações de trabalho, pedindo para os usuários “ficarem ligados” por GPUs de 7 nanômetros para usuários finais.

Por fim, a companhia também mostrou uma versão de 7 nanômetros do seu processador para servidores Epyc, que será lançada no ano que vem.

Mais de 400 milhões de gamers de PCs e consoles usam a tecnologia Radeon, da AMD; mais de 10 vezes o total que usa as GPUs Vega, de acordo com a CEO da AMD, Lisa Su, que comparou as duas gerações de GPUs.

“Estamos em um momento incrível no nosso mercado. A computação está absolutamente em todos os lugares”, afirmou a executiva.

Threadripper 2

“Essa é uma performance heavy metal”, disse o VP corporativo do Computing and Graphics Business Group, Jim Anderson, ao comentar o desempenho do novo Threadripper 2, um ano após a companhia ter anunciado a primeira geração da Threadripper na Computex 2017. 

O Threadripper 2 será modelado a partir da segunda geração do processador Ryzen, baseado em 12 nanômetros, e na arquitetura Zen+. Mais importante ainda, terá o mesmo socket TR4, e terá resfriamento por ar, de acordo com executivos da fabricante.

A AMD enfatizou o que será chamada de “versão mondo” do Threadripper 2, com 32 núcleos e 64 threads. 

No entanto, Anderson prometeu mais versões, e a PC World ouviu a empresa falar em uma versão de 24 núcleos na sessão de perguntas e respostas. Os primeiros chips deverão chegar ao mercado no terceiro trimestre.

A AMD claramente tem uma história de sucesso com os seus chips Ryzen, e Anderson destacou alguns exemplos. Provavelmente o que mais chamou a atenção foi a afirmação da companhia de que agora possui 40% do mercado de games. E a AMD planeja manter o bom momento, com 60 novos sistemas Ryzen previstos para serem lançados até o final de 2018.