Especial: conheça os principais recursos do novo macOS Mojave

Macworld / EUA
05 de junho de 2018 - 09h00
Anunciada nesta segunda, 4/6, durante abertura da WWDC 2018, a atualização do sistema do Mac finalmente trará o aguardado Dark Mode, entre outras novidades.

A Apple anunciou nesta segunda-feira, 4/6, a nova versão do sistema para Macs, macOS Mojave, que foi apresentada no palco da WWDC 2018 pelo diretor de software da empresa, Craig Federighi.

Apesar de não trazer nada revolucionário, o update do software traz recursos que podem realmente melhorar a experiência do usuário. E sim, parece que os apps iOS finalmente virão para o Mac – mas talvez não da maneira como muita gente esperava.

Veja abaixo as novidades que mais gostamos do macOS Mojave.

Dark Mode

Aguardado há anos, o Dark Mode (algo como Modo Escuro) finalmente vai se tornar realidade com o Mojave. O novo modo não muda a maneira como o sistema funciona, mas altera elementos da tela do macOS que são tipicamente brancos, como dock, barra de tarefas e janelas para algo mais parecido com a amada cor “cinza espacial”, que a Apple usa nos seus aparelhos. 

O Dark Mode funciona até mesmo com Xcode. Considerando que os acessórios em cinza espacial agora estão disponíveis para outros Macs além do iMac Pro, esse é o momento perfeito para introduzir o modo. Ele simplesmente tem um visual muito bonito, e as aparências sempre foram importantes para a Apple. 

macosdarkmode.jpg

Desktop Stacks

Nunca fui daquelas pessoas que consegue trabalhar com um desktop bagunçado. Por isso, costume gastar um bom tempo apagando e organizando meus arquivos. Com o Mojave, isso deixará de ser um problema. Isso porque a Apple está introduzindo um novo recurso chamado Desktop Stacks que coleta automaticamente tipos específicos de arquivos (como PDFs) em uma pilha única.  

Quando quiser navegar pela pilha, apenas clique no monte e ele irá expandir para mostrar os arquivos que você precisa, enquanto que outros tipos de arquivos convenientemente permanecerão nas suas respectivas pilhas.

macosdesktopstacks.jpg

Apps iOS no Mac

Federighi acabou com quaisquer rumores de que o iOS e o Mac pudessem ser fundidos, com um sonoro e muito visível “Não”, que tomou o palco da WWDC. 

Mas teremos alguns comprometimentos entre os sistemas. Em um dos mais simples deles, apps populares do iOS como Apple News, Voice Memos, Home e Stocks migrarão para o Mac.

E o crossover entre iOS e Mac não se limita às coisas da Apple. A empresa está pegando o UIKit do iOS e implementando-o no framework do macOS, permitindo assim que desenvolvedores de terceiros consigam portar com mais facilidade apps do iOS para o Mac. Segundo a Apple, o processo é simples e estará pronto em 2019. 

Segurança melhorada

A privacidade, como você bem sabe, tornou-se meio que a Big Thing da Apple. No macOS Mojave, a companhia vai usar pop-ups com mais frequência para te informar se um app estiver tentando acessar informações como sua localização, fotos ou microfones, como já vimos bastante no iOS.

Esse comprometimento com a privacidade se estende ao Safari, que impedirá que o Facebook e outras redes sociais te rastreiem pela Internet. Talvez mais impressionante ainda, a Apple está trabalhando ativamente para que um Mac pareça indistinguível de outro para evitar esses rastreamentos.  

Screenshots

A partir do próximo update do macOS, você poderá escrever ou desenhar em uma foto ou documento, o que te permite apontar um monumento ou destacar uma frase importante, por exemplo, antes de enviar o arquivo para um amigo ou colega de trabalho. 

E, assim como no iOS, tirar uma screenshot te dará automaticamente a opção de marcá-la. 

Melhorias no Finder

A velocidade extrema do Finder é uma das melhores coisas de usar um Mac, e no macOS Mojave, o recurso ficará significativamente mais útil. Com o Mojave, você terá acesso a uma nova visualização “galeria”, que mantém a maioria dos arquivos no modo thumbnail enquanto que a imagem selecionada aparece em seu tamanho completo. 

Metadados melhorados fornecem uma quantidade imensa de informações sobre o arquivo que você selecionou enquanto navegava por cada documento.

Continuity Camera

A Apple apresentou ainda um recurso chamado Continuity Camera, que te permite fazer coisas como escanear um documento com o iPhone e fazê-lo aparecer no Mac. Além disso, a ferramenta também permite tirar uma foto com o smartphone e tê-la aparecendo imediatamente em um documento do Pages. 

Dynamic Desktops

Assim com o já citado Dark Mode, o Dynamic Desktops é basicamente um update cosmético, mas um que é muito legal. Na essência, uma foto de uma cena vai mudar sua configuração de dia para noite de forma a acompanhar as horas do mundo real. 

Esse novo design da macOS App Store certamente parece atrativo, e está cheio dos tipos de banners gigantes e coisas do tipo que nos acostumamos a ver na App Store do iOS.