Especial: os melhores recursos escondidos do Windows 10 April 2018 Update

PC World / EUA
02/05/2018 - 09h00
Timeline e Nearby Sharing são as principais novidades da atualização do sistema. É hora de conhecer as melhorias menores.

Liberado oficialmente nesta segunda-feira, 30/4, o novo upgrade do Windows 10, chamado apenas de April 2018 Update, melhora o sistema da Microsoft de diversas maneiras, com destaque para recursos como Timeline e Nearby Sharing. 

Mas a empresa de Redmond também adicionou diversos outros ajustes menores ao software. Por conta disso, preparamos esse especial em que destacamos algumas das principais novidades menores da mais nova atualização do Windows 10.

Vale destacar que alguns desses recursos ainda parecem hesitantes, com a necessidade clara de mais trabalho por parte da Microsoft. Felizmente, a empresa parece disposta a continuar desenvolvendo o Windows 10, sem nenhum substituto principal no radar. 

Apagar dados com um clique

Uma das reclamações mais antigas sobre o Windows 10 é o uso de telemetria pela Microsoft – ou seja, coletar todos os tipos de informações sobre o usuário à medida que ele usa o sistema. Além dos controles de privacidade já embutidos no Windows, agora também há um botão Delete (Settings > Privacy > Diagnostics & Feedback) que remove todos os dados de diagnóstico que a Microsoft coletou do seu aparelho. 

Como o alerta sobre a prática indica, você pode ter informações associadas com a sua conta Microsoft armazenadas na nuvem. Para apagá-las, será preciso visitar o painel de privacidade da Microsoft.

Gerenciamento de GPU app por app

Se você possui um PC com uma placa gráfica, provavelmente sabe que a AMD e a Nvidia fornecem utilitários cujas funções incluem selecionar quais GPUs você deveria usar: se a placa gráfica econômica integrada da sua CPU, ou a GPU discreta que usa mais energia. Agora o Windows assume o controle dessa decisão por padrão. (Vá em Settings > Display, e então clique no link de configurações das placas gráficas, na parte inferior da tela.)

Barra de games melhorada

A Microsoft quer que você realize streamings de games no PC por meio do Mixer. E para te ajudar a fazer isso, ela renovou a Game Bar. Agora você encontrará um relógio assim como “chaves” para ligar e desligar o seu microfone e câmera na solução. Você também pode editar o título do seu stream pelo Mixer. A Game Bar ainda é um pouco importuna, mas as novas ferramentas são úteis.

Fontes na Microsoft Store

Muitos usuários possuem algumas fontes favoritas e permanecem fiéis a elas para sempre. Mas para quem prefere ter mais opções neste sentido, a Microsoft agora permite que você baixe novas fontes a partir da Microsoft Store. Por enquanto, não há muitas opções (cerca de 10 até o fechamento da reportagem), mas a empresa de Redmond parece estar planejando adicionar mais - assim como adicionou dezenas de Themes para personalizar o seu PC.

Essas fontes podem ser gerenciadas a partir do menu Settings, mais especificamente em Settings > Personalization > Fonts. Enquanto essa configuração te permite visualizar um preview da fonte em diferentes formatos (padrão, preto, itálico, negrito e itálico e negrito para a fonte Arial, por exemplo), também te permite ajustar novas fontes variáveis como Bahnschrift. 

Swift Pair: pareamento Bluetooth sob demanda

Normalmente, o pareamento via Bluetooth em um PC acontece da seguinte forma: você navega por Settings > Devices > Bluetooth, clica no ícone “+” para iniciar o processo de paramento, e então também inicia o pareamento no aparelho.

O novo update do Windows 10 elimina parcialmente o sistema da equação. Agora quando você acionar um pedido de pareamento a partir de um aparelho, o Windows abrirá então uma notificação te perguntando se você gostaria de seguir com a solicitação – a Microsoft chama essa ferramenta de Swift Pair.

O Swift Pair parece ótimo para ser usado em casa. Mas não é possível dizer o mesmo sobre usá-lo em um ambiente cheio de pessoas, como um aeroporto ou um espaço de trabalho compartilhado, por exemplo. De qualquer forma, vale notar que a funcionalidade só está habilitada para o Surface Precision Mouse, da Microsoft, por enquanto.

windows10update201802.jpg

Melhor suporte para telas HDR 

É provável que você ainda não tenha um monitor HDR exótico e caro. Mas a Microsoft está se preparando para o dia em que tanto artistas profissionais quanto usuários comuns terão um painel de fidelidade mais alta. Na atualização anterior do Windows 10, os usuários podiam acionar o suporte para HDR e aplicar poder de processamento para melhorar a qualidade visual. 

Neste novo update do sistema, a Microsoft traz algumas novas opções, incluindo calibrar o display – clique em Change calibration settings for HDR video – que te permitem refinar o brilho da tela.

Você também terá mais opções na hora de reproduzir um video. No update anterior, você tinha a opção de enfatizar a maior duração de bateria ou melhor qualidade de video ao reproduzir o conteúdo, incluindo aplicar poder de processamento. A segunda opção reduzia a duração da bateria à medida que deixava a tela mais brilhante. Agora, você tem a opção de deixar a tela com o brilho mais baixo, enquanto aplica um maior poder de processamento para deixar o video com mais qualidade.