Após bug, Intel libera solução estável contra Spectre para PCs Skylake

PC World / EUA
07 de fevereiro de 2018 - 23h55
Nova correção é liberada cerca de duas semanas após empresa pedir para usuários interromperem atualizações por conta de patch problemático.

Se você possui um computador com chips Intel Skylake e recebeu uma solução para corrigir a vulnerabilidade de CPU Spectre, instale-a – a Intel deu luz verde para o código.

Cerca de duas semanas após recomendar que os usuários não aplicassem ou retirassem os patches contra as falhas Spectre e Meltdown por instabilidades no sistema, a companhia revelou nesta quarta-feira, 7/2, que enviou novos códigos para as fabricantes de PCs parceiras que finalmente resolvem os problemas do patch anterior problemático. 

No momento, entretanto, esses novos patches só resolvem a vida de uma parte dos usuários afetados pelo problema: mais especificamente aqueles que possuem máquinas com chips Core Skylake ou Core m. 

No último dia 22 de janeiro, a empresa revelou que tinha iniciado testes com uma solução para PCs Haswell e Broadwell, mas a fabricante ainda não liberou o código final do patch para os seus parceiros. Procurado pela reportagem da PC World dos EUA, um representante da Intel não respondeu imediatamente sobre quando exatamente essa solução será liberada. 

Um post no blog da Intel dizia apenas que a empresa vai liberar patches para “mais plataformas nos próximos dias”.  “No início desta semana, enviamos os updates de microcódigo de produção para diversas plataformas baseadas no Skylake aos nossos parceiros corporativos e fabricantes parceiras, e esperamos fazer o mesmo para mais plataformas nos próximos dias”, afirmou o VP executivo e gerente geral do Intel Data Center Group, Navin Shenoy. 

“Também continuamos a publicar atualizações de microcódigos beta para que os nossos clientes e parceiros tenham a chance de conduzir testes extensos antes de movê-los para produção.” 

A Intel disse que o código foi aprovado para chips Skylake das séries U-, Y-, H- e S, além de U23e. As atualizações da Intel fazem parte de um novo documento que mantém o registro das revisões de microcódigos, que deverá continuar sendo atualizado com o passar do tempo.

Entenda o caso

Para quem não lembra, a Intel revelou no início de janeiro que basicamente todos os seus microprocessadores eram potencialmente afetados pelas falhas Spectre e Meltdown, que atacam a arquitetura especulativa dos chips da fabricante. Outras empresas também foram afetadas, incluindo as rivais ARM e a AMD. 

O que você precisa saber

Aplique os patches. Neste caso , o próprio Shenoy, da Intel, resume o mais importante sobre o caso: “Na maioria das vezes, essas atualizações serão disponibilizadas por meio de updates de firmware das fabricantes dos PCs. Não consigo enfatizar suficientemente o quanto é importante que todos sempre mantenham os seus sistemas atualizados. Pesquisas nos dizem que frequentemente existe um intervalo significativo entre o momento em que as pessoas recebem os updates e o momento em que elas realmente os aplicam. No ambiente atual, isso precisa mudar.”