Windows ganha atualização contra patches problemáticos da Intel

PC World / EUA
29 de janeiro de 2018 - 10h29
Microsoft publicou nesta semana solução contra bugs causados por patches da Intel contra falha Spectre que causam reinicializações inesperadas em PCs.

Se você percebeu reinicializações inesperadas ou instabilidade no seu PC como resultado dos recentes patches contra a falha Spectre, saiba que há uma solução: a Microsoft publicou um patch que reverte as recentes mitigações contra a vulnerabilidade. 

Confuso? É um pouco complicado. Após as falhas de CPU Spectre e Meltdown serem reveladas no início de janeiro, a Intel e a Microsoft publicaram patches para solucionar o problema. Infelizmente, os mais recentes updates de microcódigo da Intel – e as atualizações da BIOS das fabricantes de PCs baseadas nesses updates – tinham bugs próprios, que causam instabilidade e reboots inesperados nos computadores. 

A solução? Desabilitar esses patches. Para isso, é preciso baixar o mais novo patch da Microsoft (KB4078130), que pode ser baixado pelo Microsoft Update Catalog e desabilita as mitigações para a segunda variante do Spectre.

Vale notar que esses patches são voltados especificamente para os usuários que enfrentam problemas em suas máquinas em decorrência do patch inicial da Intel. Se o seu sistema está funcionando normalmente, então não é necessário baixar essa atualização da Microsoft. Por isso mesmo, esse patch, chamado de “out of band”, não deverá ser disponibilizado via Windows Update.

Por que você deveria considerar isso? A Intel alertou anteriormente que o seu patch problemático pode causar perdas de dados, e a Microsoft está afirmando o mesmo: “A nossa experiência é que essa instabilidade de sistema pode causar perda e corrupção de dados em alguns casos”.  Até 25 de janeiro, aponta a Microsoft, não houve relatos que indicam que a variação 2 do Spectre tenha sido usada para atacar os usuários.  

Há outro ponto que vale notar, no entanto. Como parte do patch, a Microsoft está permitindo que os usuários editem o registro do Windows para habilitar ou desabilitar as mitigações contra as falhas. É possível desabilitar os patches, e então, quando a Intel resolver o seu próprio sistema de patches, reabilitá-los. Essa situação, na verdade, é o que a Microsoft recomenda.

Por fim, vale lembrar mais uma vez que esse novo patch da Microsoft só é indicado caso você tenha notado instabilidades no seu sistema depois de ter aplicado a solução da Intel contra as falhas Spectre e Meltdown.