Lenovo, Sony e LG anunciam 'telas inteligentes' com Google Assistente

PC World / EUA
10 de janeiro de 2018 - 13h51
Plataforma de IA da gigante também estará presente em carros com Android Auto e alto-falantes inteligentes de fabricantes parceiros.

 O Google está falando realmente sério sobre espalhar sua Inteligência Artificial (IA) para todo o universo de aparelhos eletrônicos. A gigante anunciou nesta semana, durante a CES 2018, em Las Vegas, quatro novas “telas inteligentes” da Lenovo, JBL, LG e Sony, além de uma variedade de TVs e alto-falantes inteligentes de outros parceiros, quase numerosos demais para mencionar. E todos esses aparelhos vêm com o Google Assistente embutido.

Esse é um golpe contra a Amazon, cuja assistente digital Alexa também vem aparecendo em cada vez mais e mais aparelhos de outras empresas.

Vale notar que o Google também anunciou que o Assistente está a caminho dos painéis com Android Auto, e deu um nome oficial – “Actions” – para todos os comandos e buscas que você pode falar para o Google Assistente. 

Mas as principais notícias são centradas nas telas inteligentes, que oferecem habilidades que você não encontrará nos alto-falantes do Google como Home, Home Mini e Home Max. 

Telas inteligentes

As telas inteligentes são essencialmente tablets HD com o Google Assistente que podem ficar na sua mesa ou no balcão da sua cozinha como um porta-retrato digital chique. Pense no Amazon Echo Show, mas com o Google Assistente em vez da Alexa. As novas telas possuem tamanhos entre 8 polegadas e 10 polegadas, e trazem câmeras frontais e alto-falantes embutidos de qualidades variadas. Mas a estrela do show é mesmo o Google Assistente.

O Assistente em uma tela se comporta de forma muito parecida como em um alto-falante inteligente, mas com a adição dos visuais completos. Por exemplo, quando você pede para o Assistente compartilhar o que há no seu calendário, você verá cartões para cada compromisso, e, a partir daí, você pode pedir para a tela inteligente te mostrar um mapa do seu destino.

Você também pode pedir ao Assistente por receitas, e elas aparecerão na sua tela inteligente em um formato fácil de seguir. E como a tela possui uma interface comandada por voz, não é preciso tocar na tela com os dedos engordurados para avançar pela receita.

A tela inteligente também mostra imagens do Google Photos, fornece interfaces visuais para câmeras de segurança e outros aparelhos inteligentes, e também funciona como um celular com vídeo para conversas pelo Google Duo.

jblgoogledisplay_625.jpg

As primeiras telas inteligentes com o Google Assistente devem ser disponibilizadas no terceiro trimestre deste ano. A JBL Link View terá um display HD de 8 polegadas, câmera frontal de 5MP e dois alto-falantes estéreo de 10-watt.

Já a Lenovo anunciou duas telas inteligentes: um modelo de 8 polegadas e resolução de 1280x800 pixels por 200 dólares e uma versão de 10 polegadas com resolução de 1920x1200 pixels por 250 dólares. Os dois aparelhos trazem um alto-falante full-range de 10 watts, câmera de 5MP, habilidade de mudar a orientação de paisagem para retrato, e duas opções de cores (cinza suave ou bambu natural). Também é possível desabilitar a câmera caso tenha preocupações de privacidade. 

A Lenovo Smart Display deve chegar ao mercado em julho deste ano, enquanto que o display da JBL desembarca no terceiro trimestre. Ainda não temos os detalhes das telas inteligentes da Sony e LG com o Google Assistente.

Google Assistente em mais alto-falantes e TVs

O Google também anunciou que está trabalhando com uma grande quantidade de parceiros para levar o Assisnte para alto-falantes inteligentes, no mesmo estilo da sua linha de produtos Google Home. As empresas parceiras nesta empreitada incluem nomes como Anker Innovations, Bang & Olufsen, Braven, iHome, JBL, Jensen, LG, Klipsch, Knit Audio, Memorex, RIVA Audio e SōLIS. É uma linha e tanto, e poderemos inclusive ver alto-falantes com uma qualidade de áudio superior aos próprios aparelhos do Google. 

Pelo lado das TVs, o Google Assistente chegará a uma variedade de produtos Android TV de fabricantes como AirTV, TCL, Skyworth e Xiaomi, e também será embutido em novos aparelhos Android TV da Changhong, Element, Funai, Haier, Hisense e Westinghouse. E a LG vai integrar o Google Assistente em sua linha de TVs 4K OLED e Super UHD LCD.

Além disso, o Google Assistente também está a caminho do Android Auto, colocando a marca de IA da gigante nos paineis de automóveis de mais de 40 fabricantes. O objetivo é facilitar a vida do motorista na hora de encontrar caminhos, postos de gasolina, responder mensagens e obter detalhes sobre o seu compromisso.

Finalmente, em um post no seu blog, o Google compartilhou que está dando um nome real para todos os comandos e buscas que o Google Assistente foi treinado para responder. Esses comandos de voz agora são chamados de “Actions”, e Google diz que há mais de um milhão de Actions que funcionam com serviços próprios e de parceiros. Melhor ainda: o Google agora possui um novo diretório de Actions para te ajudar a aproveitar melhor os seus aparelhos com Google Assistente.

Então o que tudo isso significa?

Bom, em primeiro lugar significa que o Google está avançando com tudo para tornar o Assistente o idioma oficial para os aparelhos eletrônicos – o mesmo objetivo que a Amazon tem para o Alexa, aliás. Comandos por voz são o futuro e o Google quer dominar esse segmento. 

Em segundo lugar, todos esses aparelhos são relativamente neutros em termos de plataforma, tanto que não são ostensivamente aparelhos Android. Isso pode ajudar a espalhar o “charme” de serviços como Google Maps e Photos entre usuários de iPhones, por exemplo. 

Em terceiro lugar: a Inteligência Artificial fica mais inteligente com machine learning. Então, quanto mais pessoas usarem o Google Assistente, melhor ficará a plataforma da gigante de buscas. E esse é um benefício que vai além de apenas ganhar dinheiro com vendas no varejo de aparelhos e alto-falantes inteligentes.