Microsoft vê o futuro do Windows com abas no lugar de janelas

PC World / EUA
28 de novembro de 2017 - 18h03
Novo recurso opcional Sets começa a ser liberado ainda neste ano para os participantes do programa de testes Windows 10 Insider.

A Microsoft anunciou nesta terça-feira, 28/11, seus planos para repaginar o Windows 10 com um modo de visualização de apps parecido com um navegador. Chamada de “Sets”, a novidade agrupa os aplicativos e arquivos por projeto. 

 

Pense no Sets como uma mistura de tecnologias novas e existentes do Windows 10. Pegue o Windows Explorer e a pouco utilizada Task View do Windows 10, misture com os recursos mais recentes “Pick Up Where You Left Off” e “Timeline”, e coloque tudo em uma experiência com uma janela única.

 

A ideia é que cada tarefa exige um conjunto de aplicativos – Mail, um navegador, PowerPoint, até mesmo apps Win32 como Photoshop – e esses apps poderão ser organizados como abas ao longo de uma única janela.

 

Mas não é só isso. A Microsoft sabe que uma das coisas mais difíceis de lembrar não é em que você estava trabalhando há uma semana, por exemplo – os históricos dos navegadores ajudam com isso. O mais difícil é lembrar todos os apps e documentos associados que eram usados nesse processo: um arquivo em especial do PowerPoint, aquela planilha de orçamento, o contexto fornecido por uma aba do Edge. A ideia é que o adiado recurso de Timeline eventualmente irá agrupar e associar tudo isso em um Set (“conjunto”, em inglês). Desta forma, quando você abrir um desses apps ou documentos, o Windows também irá sugerir os outros.

 

É um conceito um tanto complexo, com um slogan também um tanto complicado. O Sets é uma maneira de “organizar e resumir tarefas multi-facetadas”, segundo o VP corporativo de sistemas operacionais na Microsoft, Joe Belfiore.

 

O Sets será liberado inicialmente para os usuários do programa de testes Windows Insider para que eles possam fornecer feedback sobre a nova interface de usuário. A Microsoft também irá buscar auxílio para o desenvolvimento do novo conceito com desenvolvedores de diversas empresas, incluindo Adobe e Salesforce.

 

Vale notar que a Microsoft deixou claro que o recurso é opcional. Ou seja, se você preferir trabalhar em um ambiente Windows tradicional, rearranjando janelas e usando recursos como Snap, ainda poderá fazer isso.

 

O novo recurso começará a ser liberado em breve, possivelmente até o final de novembro, mas o processo será lento. Você pode não receber a novidade logo de cara, mesmo sendo um membro do programa Windows 10 Insider. Parte dos testes da Microsoft envolve liberar o Sets para um grupo limitado de usuários, de acordo com Belfiore – incluindo um “grupo de controle” de usuários que não receberam a novidade, e poderão fornecer feedback diferente.

 

Por fim, é importante destacar que o Sets inicialmente será restrito aos aplicativos da Plataforma Universal Windows (UWP), como Mail e Calendar. Na versão do Sets que será liberada para os Insiders, será possível criar Sets simples, como receber um e-mail sobre um evento, abrir o app Calendar em uma aba para reservar uma data, então escolher o local no app de Mapas do Windows 10. Com o tempo, arquivos Win32 tradicionais (.EXE) também serão suportados, mas apenas aqueles que não modifiquem a barra de título.