Google retira aplicativo do YouTube do Amazon Echo Show

Da Redação
27 de setembro de 2017 - 12h12
Amazon acusa Google de retirar aplicativo do alto-falante com touchscreen sem explicação. Gigante de buscas rebate e alega que empresa violou termos de serviço.

E a briga entre Amazon e Google acaba de ganhar mais um capítulo. Isso porque a gigante de buscas decidiu bloquear o acesso ao YouTube no alto-falante Amazon Echo Show, que possui uma tela sensível ao toque.

De acordo com o The Verge, ao tentar acessar um vídeo do YouTube pelo aparelho, o serviço falha e a assistente pessoal da Amazon, a Alexa, afirma apenas que “Atualmente o Google não está suportando o YouTube no Echo Show”.

Em um comunicado enviado ao site especializado, a Amazon confirmou a saída do YouTube do seu alto-falante inteligente lançado no final de junho. “O Google realizou uma mudança hoje por volta das 15h da tarde (horário local). O YouTube costumava ficar disponível para os nossos usuários no Echo Show. A partir da tarde de hoje, o Google decidiu não mais disponibilizar o YouTube no Echo Show, sem explicação e sem avisar aos usuários. Também não há uma razão técnica para essa decisão, o que é decepcionante e também prejudica os nossos usuários.” 

Google responde

Já o Google deu uma versão bem diferente da história ao ser questionado pelo The Verge, chegando a alegar que a Amazon violou os termos de serviço do YouTube ao inserir o serviço no Echo Show.

“Estávamos em negociação com a Amazon há bastante tempo, trabalhando em direção a um acordo que forneça ótimas experiências para os consumidores nas duas plataformas. A implementação do YouTube pela Amazon no Echo Show viola nossos termos de serviço, criando uma experiência de usuário problemáticva. Esperamos chegar a um acordo e resolver essas questões em breve.”