Intel promete desempenho 40% melhor com novos chips de oitava geração

PC World / EUA
21/08/2017 - 18h30
No total, foram quatro novas CPUs de quatro núcleos e oito threads apresentadas pela fabricante nesta segunda-feira, 21/8.

Pela primeira vez, a ainda não lançada oitava geração de CPUs Core, da Intel, terá processadores quad-core voltados para ultrabooks, oferecendo desempenho até 40% mais rápido do que na geração anterior, segundo a fabricante.

A Intel não revelou os preços dos seus quatro novos chips de 15-watt da oitava geração da série Core U, mas informou nesta segunda, 21/8, a velocidade de clock deles. O mais lento Core i5-8250U rodará a 1.6GHz, com um boost de 3.4GHz, enquanto que o mais rápido Core i7-8650U rodará a 1.9GHz, com um boost de 4.2GHz.

Todos os quatro chips da linha U possuem quatro núcleos e oito threads. Os PCs usando os novos chips Core de oitava geração começarão a ser vendidos em breve, segundo a Intel, com 80% dos novos designs de sistemas prontos para chegarem ao mercado a tempo das festas de final de ano de 2017.

A parte mais interessante disso tudo, pelo menos para os entusiastas, é como a Intel afrouxou a definição de “geração”, à medida que uma cada vez mais lenta Lei de Moore atrapalhou o lendário processo de fabricação tick-tock da empresa. Esses CPUs de oitava geração não são os ainda inéditos Coffee Lake, como esperado anteriormente. A Intel caracteriza os novos chips como uma “atualização do Kaby Lake”, se referindo aos atuais chips Kaby Lake como partes “da geração anterior”. 

E olha aqui outra surpresa: tanto o Coffee Lake quanto os ainda inéditos chips Cannon Lake de 10 nanômetros também farão parte da chamada oitava geração Core, da Intel.

Confuso? Então vamos resumir: os chips da oitava geração Core, da Intel, incluirão três arquiteturas de chips separadas e duas tecnologias de fabricação, todas sob o mesmo nome.