Windows 10 supera a marca de 500 milhões de usuários

PC World / EUA
10 de maio de 2017 - 14h42
No entanto, apenas cerca de 30% desses usuários utilizam regularmente a assistente digital Cortana, da Microsoft.

O Windows 10 atingiu a marca história de 500 milhões de usuários ativos mensais, conforme revelado nesta quarta-feira, 10/5, pelo CEO da Microsoft, Satya Nadella, durante a abertura da conferência para desenvolvedores da empresa Build 2017. 

No entanto, chama a atenção um outro número não tão significativo. Apenas 148 milhões de usuários, ou 28% dos usuários do Windows 10, utilizam a assistente digital Cortana todos os meses. 

Essa proporção contasta bastante com o que a Microsoft chama de “nuvem inteligente”, a próxima fase na evolução do mantra “mobile first, cloud first” que Nadella vem repetindo desde que assumiu o cargo de CEO da gigante, em 2014.

Durante a Build, que acontece nesta semana em Seattle, os executivos da Microsoft irão descrever como os dados costumavam ser enviados de aparelhos como smartphones e tablets para um servidor na nuvem, para depois serem analisados e reenviados de volta aos usuários. Agora, a Microsoft está tentando construir essas habilidades de análises da forma mais próxima possível desses aparelhos que geram dados. 

Mas os usuários não se importam com o que acontece por trás das cenas. Eles querem saber se serviços como a Cortana estão ficando mais intelignetes. Nem está claro se essa pequena quantidade de usuários usa a assistente digital da Microsoft para fazer perguntas, configurar despertadores/alarmes ou se estão apenas usando a caixa de buscas da Cortana como um substituto genérico para o menu Iniciar.

>Felizmente, a Microsoft tinha outros números melhores para compartilhar na abertura do evento. Cerca de 100 milhões de pessoas estão usando os serviços de assinatura comercial do Office 365, e 90% de todas as empresas da lista Fortune 500 usam alguma parte da nuvem da Microsoft.