Rival do Surface: Samsung anuncia "2 em 1" Galaxy Book com Windows 10

Luiz Mazetto*
26/02/2017 - 20h13
Disponível em versões de 10 e 12 polegadas, nova máquina da Samsung conta com teclado destacável, S Pen e suporte para Samsung Flow.

Pouco após mostrar a já esperada atualização do Galaxy Tab S, a Samsung chamou a atenção neste domingo, 26/2, ao apresentar o mais novo rival do Surface pro, da Microsoft.

Chamado de Galaxy Book, o tablet 2 em 1 da Samsung roda o Windows 10 e imediatamente faz com que você lembre do Surface Pro 4 ao vê-lo conectado ao teclado Pogo – que acompanha o pacote da nova máquina da Samsung, juntamente com a remodelada S Pen.

Ao contrário do aparelho da Microsoft, no entanto, que só está disponível em um modelo com tela de 12,3 polegadas, o novo Galaxy Book pode ser adquirido em uma versão de 10,6 polegadas ou de 12 polegadas – a tela menor possui resolução de 1920x1280, enquanto que o display maior conta com 2160x1440 e suporte para HDR.

Como estamos falando de tablets Windows, apesar de serem da Samsung, os Galaxy Book conta com processadores da Intel. O modelo de 10,6 polegadas traz um Core m3 de sétima geração de 2.6GHz e a versão maior, de 12 polegadas, conta com um Core i5 de sétima geração de 3.1Ghz.

Também chama a atenção nos novos aparelhos o design bastante portátil, com apenas 7,4mm de espessura no modelo de 12 polegadas (a versão de 10,6” é um tantinho mais grossa), mesmo entregando uma experiência bastante parecida com um PC, segundo a Samsung.

Outras especificações e recursos incluem 4GB de RAM, armazenamento de 64GB ou 128GB SSD (expansível via microSD), compatibilidade da S Pen com os aplicativos do pacote Office (pela primeira vez!) e o Samsung Flow, que envia notificações do seu smartphone (desde que seja um Galaxy S) para o tablet.

Ainda sem preço e data de lançamento definidos, o Galaxy Book pode ser um aparelho e tanto para quem quer unir produtividade e entretenimento em um só pacote – além de um rival e tanto para o Surface Pro. Mas tudo isso vai depender dos valores que serão cobrados.

*o jornalista viajou para Barcelona a convite da FS