Microsoft aposenta Tela Azul da Morte do Windows para alguns usuários

PC World / EUA
10 de janeiro de 2017 - 12h38
Participantes do programa de testes Windows 10 Insider Program agora verão Tela Verde da Morte. Objetivo é facilitar distinção entre relatos de problemas.

Os usuários de testes do beta do Windows 10 que estão acostumados com o brilho já conhecido da Tela Azul da Morte (Blue Screen of Death), da Microsoft, vão começar a ver uma cor diferente na tela quando as coisas derem errado.

A Microsoft está alterando a sua já icônica mensagem de erro que informa aos usuários que algo deu errado, e que seus computadores precisam ser reiniciados. Apesar de os usuários comuns continuarem a ver a Tela Azul da Morte no dia-a-dia, as pessoas que usam a versão beta como parte do Windows 10 Insider Program agora verão uma Tela Verde da Morte (Green Screen of Death).

A mudança tem a intenção de ajudar a Microsoft distinguir entre crashes no Windows 10 padrão disponível para o público geral e a versão beta do sistema lançado em julho de 2015. A empresa sempre informa aos usuários que a utilização das versões beta do Windows acontece por sua própria conta e risco, uma vez que os betas podem conter bugs que causem crashes de programas ou até de aparelhos.

Com a nova Tela Verde da Morte, a Microsoft quer facilitar a separação dos relatos de problemas feitos por participantes do programa de betas e pelos usuários comuns, de acordo com um post sobre o assunto publicado pela diretor ado Windows Insider Program, Dona Sarkar.

Essa nova tela faz parte de um conjunto de atualizações que a Microsoft liberou para o Windows 10 beta nesta segunda-feira, 9/1, incluindo mudanças no Windows Update e um update para o menu Iniciar que permite aos usuários colocarem tiles dentro de pastas.