Despertador inteligente monitora sono e conta história para crianças

Luiz Mazetto, de Las Vegas*
04 de janeiro de 2017 - 09h00
Criado por startup francesa, Remi também funciona como walkie-talkie, abajur e alto-falante Bluetooth. Pais controlam funções por aplicativo no smartphone.

Um novo despertador inteligente para crianças promete acompanhar os pequenos desde o nascimento até os 10 anos de idade (ou mais) por meio de diversos recursos, que incluem monitorar o sono, tocar música ou até mesmo contar uma história antes de dormir – além de também, veja só, funcionar como despertador.

Chamado de Remi, o aparelho da empresa francesa Urban Hello será apresentado nesta semana durante a CES 2017 (Consumer Electronics Show), feira de tecnologia que acontece em Las Vegas até o próximo dia 8 de janeiro.

Segundo o porta-voz da companhia, o Remi, que chama a atenção pelo design interessante (com peso de 250g e medidas de 143x111x65mm) e visual simpático e lúdico, pode ser usado em todos as fases da infância até a adolescência, seja como baby monitor para um bebê, como um abajur/luminária ou como um alto-falante Bluetooth que pode contar histórias ou tocar músicas para dormir, tudo devidamente programado e gerenciado pelos pais por meio de um aplicativo para smartphone.

Por meio do app, compatível com aparelhos iOS e Android, é possível ajustar a intensidade da luz, trocar mensagens com a criança (no melhor estilo walkie talkie), acompanhar como anda o sono do pequeno, além de escolher a “carinha” do despertador, que pode mostrar um sorriso antes de dormir e uma cara meio brava na hora de acordar, por exemplo.

As especificações técnicas do Remi incluem chipset ARM Cortex M4, um microfone de alta sensibilidade, sensores de temperatura e luz ambiente, suporte para MP3 e microSD de até 1GB.

Com lançamento previsto para abril na França, o Remi terá preço sugerido de 99 euros. A empresa diz que já trabalha para conseguir distribuir o produto nos EUA ainda neste ano.

*o jornalista viajou para Las Vegas a convite da organização da CES