Microsoft volta atrás e amplia suporte para PCs Windows com Skylake

PC World / EUA
12 de agosto de 2016 - 18h36
Com isso, máquinas Windows 7 e 8.1 com esses chips da Intel terão suporte por muito mais tempo do que o polêmico período de 18 meses anunciado em janeiro.

A Microsoft completou o seu recuo de uma política polêmica sobre o suporte para os chips Skylake, da Intel, nos sistemas mais antigos Windows 7 e 8.1. Agora essas máquinas com os softwares citados acima receberão o tempo padrão de suporte.

Em uma iniciativa controversa, a Microsoft afirmou em janeiro deste ano que só suportaria PCs Skylake com sistemas mais antigos por cerca de 18 meses - geralmente, o suporte principal dura cinco anos e o estendido o dobro disso. Por essa política, o suporte para o Skylake seria encerrado em julho de 2017, bem antes do que o disponível para sistemas mais antigos com chips Broadwell.

Agora, os períodos de suporte para PCs com chips Broadwell e Skylake são os mesmos: o suporte para o Windows 7 vai expirar em 14 de janeiro de 2020, enquanto que os PCs com Windows 8.1 terão suporte até 10 de janeiro de 2023. 

A Microsoft destacou as mudanças em um post sobre o assunto no seu blog oficial nesta quinta-feira, 11/08.