Raspberry Pi 3 traz Wi-Fi, Bluetooth e processador mais rápido por US$35

PC World / EUA
29 de fevereiro de 2016 - 12h37
Anunciado nesta segunda-feira, 29/2, novo modelo do aparelho é o primeiro substituto verdadeiro para o PC, afirma fabricante.

A Raspberry Pi anunciou um presente e tanto para o seu quarto aniversário. A fabricante começou a vender o computador Raspberry Pi 3, que custa os mesmos 35 dólares do seu antecessor, mas traz diversas melhorias. 

As novidades incluem uma CPU mais poderosa de 64-bit e, pela primeira vez, capacidades wireless embutidas. O Raspberry Pi 3 também é até 60% mais rápido do que o Pi 2, que vendeu milhões de unidades.

Essa é a primeira versão do Pi que pode ser chamada de um substituto verdadeiro do PC, afirmou o CEO da Raspberry, Eben Upton.

Um novo recurso interessante do Pi 3 é suporte para Wi-Fi 802.11a/b/g/n e Bluetooth 4.0, que não estava presente nas edições anteriores do produto. A conectividade wireless era algo muito pedido pelos usuários que tinham ficado a ethernet nos antecessores.

Outra novidade é a CPU quad-core ARM Cortex-A53 de 1.2GHz. O processador é usado em aparelhos móveis e até mesmo servidores, e representa um grande upgrade em relação ao Cortex-A7 de 32-bit e 900MHz presente no Pi 2.

O restante dos recursos não mudou em relação ao Pi 2. O novo modelo traz uma entrada HDMI, ethernet, microSD e quatro conexões USB. Roda uma placa gráfica Broadcom VideoCore IV 3D com suporte para vídeos em 1080p a 60 quadros por segundo e interfaces de câmera e monitor.

O novo Raspberry 3 é compatível com o Windows 10 IoT Core OS e algumas versões do Linux, incluindo o Ubuntu.