Intel e Oakley lançam óculos escuros que falam com usuário

PC World / EUA
06/01/2016 - 12h39
Chamado de Rader Pace, produto chega em 2016, mas não teve preço revelado. Com visual mais "normal" do que Google Glass, gadget é indicado para esportistas.

Na CES 2015, a Intel anunciou uma parceria com a Oakley para criar óculos inteligentes. Agora, um ano depois, as empresas mostraram o fruto desse acordo na edição atual do evento de tecnologia em Las Vegas: um par de óculos escuros que te dá orientações enquanto você corre.

Chamado de Radar Pace, o produto começa a ser vendido para o público geral ainda em 2016, segundo o CEO da Intel, Brian Krzanich. Podemos pensar nos óculos como um “Siri para atletas”.

Comece dizendo "Hey Radar, what's my workout today” e a assistente do óculos vai responder algo como “Vamos correr 30 km”- isso caso você seja um atleta como o tricampeão do Iron Man, Craig Alexander, que se juntou à Oakley no evento. Para o restante de nós, seria algo mais próximo de 5 km.

Após começar a correr, você poderá perguntar coisas variada para a Radar, como “Qual o meu ritmo?” e ela vai te dizer para acelerar caso esteja muito lento, por exemplo. “Posso dizer que isso é fácil demais para você; force um pouco mais”, afirmou a assistente durante a demonstração.

O CEO da Intel ainda destacou que os óculos são voltados principalmente para corredores e ciclistas.

No entanto, Krzanich não revelou quanto o produto vai custar nem como a tecnologia funciona.

Os óculos obviamente contam com fones e um microfone, além de um minúsculo computador em uma das hastes. Eles lembram um pouco o Google Glass nesse sentido, mas o Radar Pace se parece mais com um óculos de sol normal e muito menos “bobo”, caso do Glass.

O Radar Pace provavelmente usa o chip Intel Curie, que possui um processador on-board, acelerômetro e rádio Bluetooth. O que não ficou claro é se ele precisa funcionar com um smartphone para o GPS, mas suspeitamos que seja esse o caso, já que o GPS consome bastante bateria.