YouTube para de funcionar em modelos antigos de iPad, iPhone e Apple TV

PC World / EUA
23/04/2015 - 11h32
Aplicativo de vídeos do Google também vai parar de funcionar em outros aparelhos mais antigos, incluindo Smart TVs e reprodutores de Blu-Ray.

O YouTube está dizendo adeus ao seu passado e muitos tablets, smartphones e set-top boxes antigos serão pegos no fogo cruzado.

Caso você tenha um iPad de primeira geração, qualquer coisa mais antiga do que um iPhone 4, ou uma Apple TV de segunda geração (ou mais antiga), o aplicativo do YouTube embutido no seu aparelho vai parar de funcionar em breve.

O Google anunciou nesta semana que a versão 2 da API (interface de programação de aplicativo) de dados iria parar de funcionar nesta segunda-feira, 20/4 - no lugar dela, a empresa está adotando a API v3. 

Muitos aplicativos mais antigos do YouTube – incluindo um que era embutido no iOS até a versão 6 – vão parar de funcionar. Outros aparelhos afetados incluem determinados modelos de Smart TVs e reprodutores de Blu-ray, consoles mais antigos, e qualquer um rodando a versão 2 ou mais antiga da Google TV. Quem tiver as versões 3 ou 4 da Google TV poderá simplesmente atualizar seu app do YouTube pelo Google Play.

O impacto na sua casa

Apesar de o Google afirmar que esses apps iam parar de funcionar na segunda, 20/4, nesta terça-feira o app do YouTube ainda estava funcionando em um iPad com o iOS 5.1.1, por exemplo.

Segundo o YouTube, a versão 2 do Google TV vai continuar funcionando por mais algumas semanas. A partir de agora, qualquer usuário com um desses aparelhos vai começar a ver um vídeo de alerta em vários idiomas explicando que o app vai parar de funcionar.

No começo de maio, os apps antigos só vão tocar o vídeo de aviso e, então, no fim do mês, os aplicativos começarão a exibir mensagens de erro padrão.

O que você pode fazer

Pode ser o fim desses apps antigos do YouTube, mas não será necessariamente o fim do YouTube nesses aparelhos mais antigos, pelo menos não para todos. Se você possui um aparelho iOS que está prestes a perder o app do YouTube, ainda poderá “consertar” isso ao acessar o site móvel do Google.

Já os aparelhos mais antigos de Apple TV não tem mais como assistir ao YouTube assim que o app sair do ar; o mesmo vale para a versão 2 ou mais antiga da Google TV. Para aprender mais sobre isso, veja as páginas de ajuda do Google.

A migração do Google para longe da API de dados v2 do YouTube começou há mais de um ano quando isso foi anunciado em março 2014. 

 

O fim da v2 chega logo depois do Google confirmar que em breve vai oferecer um serviço de assinatura que permitirá aos usuários do YouTube assistir a vídeos selecionados sem anúncios.