Microsoft estenderá prazo de venda do Windows XP para PCs de baixo custo

IDG News Service/Taipé
03/06/2008 - 09h01
Taipé - Gigante de software anuncia durante Computex que desktops de baixo custo poderão ser vendidos com sistema operacional até 2010.

A Microsoft anunciou durante a Computex que estenderá o ciclo de vida do Windows XP para que fabricantes possam incluir o sistema operacional em desktops de baixo custo

A empresa vinha sendo pressionada por fabricantes para oferecer uma versão do seu sistema operacional para desktops e laptops voltados para as emergentes classes mais baixas - versão mais recente da franquia, o Windows Vista roda apenas em máquinas com mais recursos.

Mais sobre o Windows:
> Baixe o SP3 do XP em português
> Saiba o que esperar do XP SP3
> Ouça: Microsoft explica SP3
> 5 dúvidas sobre o SP3 do XP
> Conheça a história do Windows
> Especial: tudo sobre o Windows Vista
> Empresas avaliam SP3 com cautela

Em abril, a Microsoft estendeu seu prazo limite para vender licenças do Windows XP para laptops de baixo custo, como o Eee PC, da Asus. A companhia planejava originalmente deixar de vender licenças do XP no dia 30 de junho.

Nesta terça-feira, a Microsoft afirmou que expandiria o prazo para desktops de baixo custo. Fabricantes podem incluir o Windows XP em seus sistemas até 2010, mesmo prazo dado para laptops de baixo custo, afirmou Rob Young, diretor sênior do grupo de OEM da Microsoft.

Em comunicado, a companhia afirmou que a extensão se aplica a Nettops, termo cunhado pela Intel para se referir a desktops de baixo custo que têm configurações limitadas e são focados em tarefas simples, como navegar na internet e enviar e-mails.

Exemplo da classe é o futuro Eee Box, da Asus, revelado durante a Computex.

Não está claro se a Microsoft pretende impor limitações a fabricantes para prevenir que eles instalem o Windows XP em máquinas mais potentes.

Young afirmou que a Microsoft e os integradores estão de acordo sobre a constituição dos Nettops e sugere que a empresa não especificará configurações de hardware que fabricantes poderão usar com o XP.

A Microsoft afirmou que está respondendo à crescente popularidade dos Nettops e Netbooks e a demanda dos fabricantes para oferecer um sistema operacional para estas máquinas.

O anúncio da Microsoft foi ambíguo, afirmando apenas que expandiria o prazo para oferecer o Windows XP em Nettops.

"Estamos vendo uma grande demanda por Windows no Eee PC", afirmou Jerry Shen, CEO da Asus. "É ótimo que a Microsoft esteja atendendo a demanda dos consumidores e oferecendo o sistema nestes aparelhos".