Fundador do Alibaba, Jack Ma é membro do Partido Comunista da China

Da Redação
27 de novembro de 2018 - 16h00
Segundo a Bloomberg, a informação foi confirmada pelo jornal local Diário do Povo. Executivo é o homem mais rico do país, com fortuna de US$38,4 bilhões

O cofundador e ex-CEO da gigante chinesa de e-commerce Alibaba, Jack Ma, faz parte do Partido Comunista do país, de acordo com a Bloomberg, que destaca que a informação foi confirmada por um jornal apoiado pelo governo local, o Diário do Povo.

Segundo a agência, o executivo é uma das 100 pessoas que serão homenageadas pelo Comitê Central do partido em uma comemoração pelos 40 anos da abertura e reforma econômica do país asiático.

Outros nomes que receberão homenagens na ocasião incluem os CEOs de outras empresas conhecidas de Internet do país, como Robin Li e Pony Ma, do Baidu e da Tencent, além da estrela de basquete Yao Ming, conhecido por ter jogado na NBA por anos.

Pessoas mais rica da China, com uma fortuna estimada em cerca de 38,4 bilhões de dólares, conforme o Bloomberg Billionaires Index, Jack Ma revelou recentemente que deixará de atuar presidente do conselho do Alibaba no final de 2019. 

“Enquanto permanecer como presidente executivo pelos próximos 12 meses, vou trabalhar de forma próxima com Daniel para garantir uma transição suave e bem-sucedida”, afirmou Jack em uma carta para clientes, funcionários e acionistas da companhia no último mês de setembro.