Nubank lidera ranking de startups mais desejadas no Brasil; veja lista completa

Da Redação
18/09/2018 - 12h00
Nova edição do LinkedIn Top Startups Brasil traz ainda companhias como Creditas, Guia Bolso, Docket, QuintoAndar, Loggi e Mandaê.

A fintech Nubank lidera o ranking das startups mais desejadas pelos profissionais no Brasil, conforme a edição 2018 do levantamento LinkedIn Top Startups, que busca descobrir “quais startups estão merecendo a atenção e as horas de trabalho dos melhores talentos”.

Para isso, a rede social profissional analisa um total de quatro critérios, com base em dados entre julho de 2017 e julho de 2018: crescimento do quadro de funcionários, interesse de candidatos a vagas de emprego na companhia, engajamento do usuários com a empresa e seus funcionários, e nível de atração exercida pela startup sobre talentos oriundos das empresas que compõem a lista LinkedIn Top Companies.

Segundo o LinkedIn, o Nubank contratou mais de 800 profissionais nos 12 meses até julho de 2018 e deverá ter mais 200 vagas (em finanças e engenharia) até meados do ano que vem.

Fintechs em alta

A lista também traz outras fintechs nas primeiras colocações, como a companhia de crédito Creditas, que aparece em segundo lugar, e a Stone Pagamentos, em 5º lugar. Também marcam presença no Top 5 o Guia Bolso e a Docket, que ocupam, respectivamente, a terceira e a quarta colocação.  

Conhecido como “Uber das imobiliárias”, o QuintoAndar aparece na sexta posição, seguido por nomes como Loggi, em 8º, Mandaê, em 13º, e Mercado Bitcoin, em 16º. Clique aqui para ver a lista completa com as 25 startups mais desejadas do Brasil.

Metodologia

Para serem elegíveis ao Top Startups, as empresas precisam ter no máximo 7 anos de existência, empregar pelo menos 50 funcionários, pertencer à iniciativa privada e ter sede no Brasil. 

Em um comunicado sobre a lista, o LinkedIn destaca ainda que foram excluídas todas as companhias de recrutamento, think tanks, organizações sem fins lucrativos, aceleradoras e entidades governamentais.