Broadcom anuncia compra da CA Technologies por US$ 18,9 bilhões

Da Redação
12/07/2018 - 14h21
Notícia surpreendeu o mercado, visto que as companhias têm focos diferentes: a primeira como fabricante de chips, enquanto a CA com legado em software e serviços

A Broadcom, fornecedora de semicondutores, anunciou a aquisição da CA Technologies, em negócio fechado por US$ 18,9 bilhões em dinheiro. A expectativa é de que a compra seja concluída no quarto trimestre deste ano.

A notícia surpreendeu o mercado, visto que as companhias têm focos diferentes - a Broadcom como uma gigante fabricante de chips, enquanto a CA tem enorme legado em software e serviços.

Hock Tan, presidente e diretor-executivo da Broadcom, explicou, em nota, que a transação representa um passo importante à medida que a Broadcom cria "uma das empresas líderes mundiais em tecnologia de infraestrutura". "Com sua base instalada considerável de clientes, a CA está unicamente posicionada. O mercado de software de infraestrutura e suas franquias de mainframes e softwares corporativos serão adicionadas ao nosso portfólio de negócios de tecnologia de missão crítica. Pretendemos continuar a fortalecer essas franquias para atender à crescente demanda por soluções de software de infraestrutura", afirmou.

O comentário não explica exatamente a intenção da Broadcom, mas demonstra o foco em diversificar ofertas. A companhia recentemente tentou adquirir a Qualcomm, mas teve o negócio barrado pelo governo de Donald Trump. A empresa estava disposta a pagar US$ 117 bilhões para ampliar seus negócios de semicondutores. A aquisição de hoje, por sua vez, apresenta um mercado totalmente novo para a Broadcom.

Mike Gregoire, diretor executivo da CA Technologies, se diz entusiasmado pelo acordo. "Esta combinação alinha nossa especialização em software com a liderança da Broadcom na indústria de semicondutores. Os benefícios deste acordo estendem-se aos nossos acionistas que receberão um prêmio significativo e imediato por suas ações, bem como a nossos funcionários que ingressarão em uma organização que compartilhe nossas ações, valores de inovação, colaboração e excelência em engenharia. Estamos ansiosos para concluir a transação e garantir uma transição suave", afirma.

Sob os termos do acordo, que foi aprovado pelos conselhos de administração de ambas as empresas, os acionistas da CA receberão US$ 44,50 por ação em dinheiro. Isso representa um valor de aproximadamente 20% para o preço de fechamento das ações ordinárias da CA em 11 de julho de 2018, o último dia antes do anúncio da transação e um prêmio de aproximadamente 23% para o preço médio ponderado pelo volume da CA.