Para concentrar esforços em AI, Baidu encerra operações no Brasil

Da Redação
06/07/2018 - 12h45
Companhia desembarcou no país há 5 anos e chegou a ter 400 funcionários quando adquiriu o Peixe Urbano

O gigante chinês Baidu está deixando o Brasil. A empresa, inclusive, demitiu os poucos funcionários que tinha no país, deixando apenas dois, que, segundo a Época Negócios, resolverão questões legais e burocráticas do fim da operação.

A empresa chegou ao Brasil há cinco anos, mas perdeu o brilho gradativamente.

O plano inicial era tornar o país uma referência no uso de aplicativos, buscas e navegação, com soluções de segurança, busca e otimização de performance de Android.

A companhia chegou a ter 40 milhões de usuários únicos no Brasil, muito por conta da compra do Peixe Urbano em 2014. Na época, contava com mais de 400 funcionários.

Em novembro do ano passado, os primeiros indícios de que as coisas não iam bem. A empresa vendeu a operação do Peixe Urbano para o fundo de investimento Montain Nazca e ficou com apenas dez colaboradores no país. Yan Di, presidente da companhia no Brasil, explicou que o movimento era parte da estratégia global de concentrar investimentos em inteligência artificial.

Agora, a companhia volta ainda mais suas atenções para a China.