Facebook compra startup de inteligência artificial por US$ 30 milhões

Da Redação
04 de julho de 2018 - 11h00
Bloomsbury AI vai reforçar o campo de pesquisa em processamento de linguagem natural da companhia de Mark Zuckerberg

Que a Inteligência Artificial (AI, na sigla em inglês) é uma tecnologia extremamente importante às empresas que querem ser competitivas hoje, todo mundo já sabe. Mas o quanto isso custará, de fato, às companhias? Bem, ao Facebook acaba de custar cerca de US$ 30 milhões, segundo informações levantadas pelo site TechCrunch. A rede social confirmou nessa terça-feira (3/7), a aquisição da startup baseada em Londres Bloomsbury AI, mas ambas não detalharam os termos do acordo.

A Bloomsbury é uma startup especializada em "linguagem natural" e, de acordo com comunicado do Facebook, a aquisição vai  "reforçar o campo de pesquisa em processamento de linguagem natural" da companhia.

Por que isso importa

Não é segredo que o Facebook vem investindo em inteligência artificial em seus produtos principais: Facebook, Instagram e Facebook Messenger. O próprio CEO Mark Zuckerberg, durante suas sabatinas no Congresso norte-americano neste ano, atribuiu à tecnologia uma espécie de salvação para lidar com problemas como spam, fake news e abusos na rede. 

Entretanto, a companhia ainda precisa avançar na conversação natural de sua AI. É por meio dela, que o Facebook vai conseguir cada vez mais analisar - e automatizar - o conteúdo publicado nas plataformas da empresa. Aos posts de discurso de ódio, por exemplo, cabem à supervisão humana, uma vez que a o algoritmo do Facebook ainda não é fluente em linguagem natural para discernir as nuances do nosso discurso. 

A aquisição da Bloomsbury AI certamente irá ajudar a companhia nessa ambição.  Mas ainda não está claro como a startup inglesa irá ser absorvida pela estrutura do Facebook.

> Acompanhe o IDG Now! também no Facebook, Twitter e Instagram