Corretoras estimam que Amazon supere US$ 1 trilhão em valor de mercado

Da Redação
30 de abril de 2018 - 16h00
Estimativa surge após divulgação dos ótimos resultados do 1º trimestre. Lucro líquido registrado para os três primeiros meses foi de US$ 1,6 bilhão

Analistas do Macquarie e da Monnes, Crespi, Hardt and Co - corretoras de Wall Street, nos EUA - estimam que a Amazon.com vai valer mais de US$ 1 trilhão, em breve.

A estimativa surge após a divulgação dos ótimos resultados do primeiro trimestre deste ano. O lucro líquido registrado para os três primeiros meses foi de US$ 1,6 bilhão ou US$ 3,27 por ação diluída. A receita atingiu US$ 51 bilhões, aumento de 43% ano a ano. No mesmo período do ano passado, a Amazon havia reportado receita de US$ 35,71 bilhões.

Os analistas elevaram seus preços-alvo para as ações da gigante para 2.100 e 2.200 dólares, o que atribui à companhia valores de mercado entre US$ 1,02 trilhão e US$ 1,07 trilhão.

Caso se confirme, a Amazon seria a primeira gigante do setor de tecnologia dos EUA a chegar à marca de US$ 1 trilhão, à frente de nomes como Alphabet e Apple, que também estão no páreo.

“Acreditamos que mesmo sem expansão de margem em varejo, os outros negócios podem guiar um crescimento significativo do lucro nos próximos anos e fazer a Amazon a primeira companhia a valer US$ 1 trilhão”, disse o analista Benjamin Schachter, do Macquarie.