Amazon cria empresa de serviços de saúde com Warren Buffet e JPMorgan

Da Redação
30/01/2018 - 17h24
O anúncio feito nesta terça-feira (30/01) informa que a meta é oferecer suporte de saúde a todos os funcionários das 3 empresas nos EUA

As empresas Amazon, Berkshire Hathaway e JPMorgan Chase & Co. anunciaram nesta terça-feira (30/01) que estão formando uma parceria para criar uma empresa de serviços de saúde que atenda todos os seus funcionários nos Estados Unidos, visando oferecer qualidade de serviços a preços mais razoáveis e competitivos. 

A união de Jeff Bezos (Amazon) com Warren Buffet (Berkshire Hathaway) e Jamie Dimon (JPMorgan) para atuar no segmento de healthcare caiu como uma bomba no mercado e derrubou o valor das ações de praticamente todas as companhias do setor de serviços de saúde, incluindo empresas de biotecnologia. Mesmo anunciando que o foco é atender apenas seus funcionários nos EUA, o movimento abala o setor, já que, Juntas, as três gigantes possuem 1 milhão de funcionários no país.

O comunicado oficial divulgado pelas empresas informa que a ideia é trazer escala na oferta de serviços por meio de uma empresa independente, sem as amarras de ter de gerar lucros. O foco inicial da companhia será prover soluções tecnológicas que permitam aos funcionários e suas famílias "ter acesso simplificado a serviços de saúde de alta qualidade, oferecidos de forma transparente e a custos razoáveis".

“Os custos crescentes dos serviços de saúde são como uma lombriga esfomeada atacando a economia da América", disse Warren Buffet, CEO e Chairman da Berkshire Hathaway. "Não temos respostas para esse problema, mas não vamos aceitá-lo como inevitável", diz Buffet.

Segundo Jeff Bezos, CEO e fundador da Amazon, "o sistema de saúde é complexo", mas as 3 empresas entram no desafio "de olhos abertos para as dificuldades". O chairman e CEO do JPMorgan, indicou que a meta é criar soluções que beneficiem os funcionários dos EUA e suas famílias, mas sinalizou que podem, "potencialmente" atingir todos os norte-americanos.

O projeto ainda está em estágio inicial e a nova companhia deverá anunciar o time de gestão de longo prazo, a localização da sua sede e os detalhes operacionais mais importantes ao longo do tempo.