Grupo Elo anuncia investimento de R$35 milhões para dobrar de tamanho até 2019

Da Redação
06 de dezembro de 2017 - 14h43
Recurso será aplicado principalmente para acelerar o processo de transformação digital da empresa e atingir faturamento de R$ 260 milhões até 2019

O Grupo Elo, formado pelas empresas Elo Contact Center, Conecta e KTS, todas voltadas a serviços de relacionamento com clientes, acaba de anunciar um investimento de R$ 35 milhões com o objetivo de dobrar de tamanho até 2019 e atingir faturamento de R$ 260 milhões. Para este ano, o faturamento estimado do grupo é de R$ 115 milhões.

Entre as principais iniciativas para alcançar a meta de crescimento, a empresa vai aplicar parte do investimento para acelerar o processo de transformação digital internamente, a fim de oferecer serviços que atendam às necessidades dos clientes no contexto da transformação digital.

“O mercado está passando por grandes mudanças; o contact center tradicional sofre uma redução drástica, mas a necessidade de relacionar empresas e clientes continua cada vez mais exigente. Somos um grupo jovem, que nasceu em meio a essa transformação digital. Com nosso conhecimento e cultura de colaboração, nosso objetivo é facilitar esse processo de transformação para as empresas”, disse Altivo Oliveira, CEO do Grupo Elo.

Dentro dos planos do grupo também estão ações como a intensificação da área de pesquisa e inovação, a contratação de pessoas com experiência em negócios digitais, a abertura de novos sites especializados, e a melhora da comunicação com os 4 mil funcionários para criar um ambiente mais colaborativo. Além disso, parte do investimento será destinado a novas aquisições durante 2018.

Como início desse projeto de crescimento, a Elo, que pertence ao Grupo GA. Brasil de Minas Gerais, com faturamento de R$ 500 milhões e mais de 7,5 mil empregados, adquiriu recentemente a KTS, startup com sede em São Paulo que provê serviços especializados, diagnóstico estruturado e automações de processos.

A contratação de Oliveira como CEO neste ano também foi uma iniciativa importante para o Grupo. O executivo possui mais de 20 anos de experiência no setor e passagem por empresas como Claro, Embratel, Contax e Sonda Ativas. “A vinda do Altivo Oliveira é estratégica para a empresa, uma vez que seu conhecimento do mercado de relacionamento com o cliente, tanto do lado das empresas compradoras de serviços, quanto das prestadoras, é fundamental para ampliarmos ainda mais nosso projeto. Estamos agregando valor aos serviços de relacionamento com os clientes de uma forma ainda muito pouco aplicada no Brasil, mas que vem crescendo consistentemente”, afirma Rogério Constantino, sócio do Grupo GA Brasil.

Modelo de serviços

Com escritórios em São Paulo, Belo Horizonte e São Luís, o Grupo Elo mantém um modelo de serviços de atendimento baseado no entendimento das necessidades dos clientes e na implantação e execução de projetos sob medida. Além da KTS, fazem parte do Grupo, a Conecta, que oferece serviços de atendimento presencial, como instalação, manutenção e logística, e a Elo, voltada a serviços de relacionamento, como SAC, vendas, cobrança, serviços de back office, etc.

 Atendendo a empresas como Claro, TIM, e Net, o modelo diferenciado do Grupo Elo também é acessível a empresas de outros setores que, habitualmente, necessitam dos serviços de relacionamento com menor escala e maior complexidade, como redes de clínicas de saúde popular, órgãos públicos, construtoras e escritórios jurídicos. “Estamos em negociações avançadas com várias empresas desses segmentos”, adianta Oliveira, acrescentando que a meta de dobrar o faturamento da Elo até 2019 passa por essa disseminação dos serviços de relacionamento por companhias de vários segmentos.