Após problemas, Samsung anuncia três novos CEOS e registra lucro recorde

Da Redação*
31 de outubro de 2017 - 10h39
Com isso, a gigante sul-coreana mantém a mesma estrutura com três executivos principais dividindo o gerenciamento.

Imagem: Samsung/divulgação

Após a saída do seu então CEO Kwon Oh-hyun em meio a uma crise envolvendo acusações de corrupção há algumas semanas, a Samsung anunciou nesta semana os seus novos executivos-chefe. 

No total, a empresa sul-coreana revelou três novos líderes que focarão em áreas diferentes: Kim Ki-nam cuidará do setor de componentes, Kim Hyun-suk ficará à frente da divisão de eletrônicos de consumo e Koh Dong-Jin responderá pela área de mobile e TI.

Além de Kown Oh-hyun, que renunciou ao cargo em 13 de outubro, os novos executivos também substituirão Yoo Boo-keun e Shin Jong-kyun, que atuavam como co-CEOs na gigante, que mantém a mesma estrutura anterior de gerenciamento com três co-CEOs.

Em um comunicado, o agora ex-CEO Kwon destacou os novos líderes da empresa, dizendo que “a próxima geração de líderes está preparada para acelerar o ritmo de inovação e atender às demandas do mundo conectado”. 

Lucro

Além disso, a Samsung também revelou nesta semana os seus resultados financeiros do período entre julho e setembro, quando registrou receita de 55,4 bilhões de dólares e lucro de 13 bilhões de dólares, superando o lucro recorde do trimestre anterior.

Segundo a fabricante, o setor de semicondutores foi o principal responsável pelos resultados positivos dos últimos meses. A empresa também destacou o papel importante do recém-lançado Galaxy Note 8.