Amazon recebeu 238 propostas de cidades para hospedar sua nova sede

Da Redação
23/10/2017 - 19h15
Previsão de criação de 50 mil empregos diretos e muitos outros indiretos, além de investimentos bilionários, gerou verdadeira corrida na América do Norte.

A Amazon anunciou nesta segunda-feira, 23/10, que recebeu nada menos do que 238 propostas diferentes de cidades que querem hospedar a sua segunda sede na América do Norte – a primeira fica em Seattle, nos EUA, onde trabalham mais de 40 mil pessoas.

Segundo um comunicado divulgado pela empresa de Jeff Bezos, as 238 propostas vieram de 54 estados e regiões espalhados pela América do Norte. Todas essas propostas são resultados uma estratégia pouco comum adotada pela gigante de e-commerce para selecionar a sua próxima sede. 

Isso porque a companhia revelou no início de setembro que estava aberta para receber propostas de governos locais para decidir onde instalar a sua segunda sede. Entre outras coisas, as administrações deveriam enviar dados sobre seus sistemas de transporte, força de trabalho qualificada e incentivos fiscais. 

Investimento alto e muitos empregos

Chamada de Amazon HQ2, a segunda sede da companhia na América do Norte deve receber investimentos de aproximadamente 5 bilhões de dólares para poder acomodar os cerca de 50 mil funcionários previstos pela gigante.

“Além do investimento, da construção, da operação atual e da contratação direta pela Amazon, o HQ2 deve criar dezenas de milhares de empregos adicionar e gerar dezenas de bilhões de dólares em investimentos adicionais na comunidade do entorno”, promete a Amazon em seu comunicado sobre a sua nova e disputada sede.

Como o número de propostas enviadas deixa claro, a disputa para receber a nova sede da Amazon está bastante agitada nos EUA e Canadá. A cidade de Stonecrest, localizada perto de Atlanta, por exemplo, prometeu mudar o noma para Amazon caso seja a escolhida.

amazonhq2.jpg