BNDES apoiará projetos de inovação em saúde e Internet das Coisas

Da Redação
04/09/2017 - 12h56
Acordo entre o banco estatal e a Embrapii permitirá que micro, pequenas e médias empresas tenham a contrapartida dos projetos financiada pelo Cartão BNDES

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Associação Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) assinaram acordo de cooperação técnica, nesta sexta, 1º, para promover e incentivar projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) em áreas estratégicas como saúde, internet das coisas (IoT) e manufatura avançada. A assinatura aconteceu durante a reunião de líderes da Mobilização Empresarial pela Inovação (MEI), na Confederação Nacional da Indústria (CNI), em São Paulo.

O acordo de cooperação, com duração de cinco anos, foi assinado pelos diretores do BNDES Cláudia Prates, da Área de Indústria e Serviços, e Carlos Da Costa, da Área de Crédito, e pelo diretor-presidente da Embrapii, Jorge Guimarães. Participaram também da reunião da MEI os principais CEOs e líderes da indústria brasileira.

Outra iniciativa do acordo é o credenciamento da Embrapii como fornecedora do Cartão BNDES. Com isso, as micro, pequenas e médias empresas apoiadas pela Embrapii poderão ter a contrapartida dos projetos financiada por meio do Cartão BNDES e adquirir quaisquer dos mais de 270 mil itens disponíveis, no site do Cartão BNDES, incluindo serviços de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I).

Para Cláudia Prates, o acordo de cooperação técnica visa também promover a integração dos modelos de fomento à inovação desenvolvidos e praticados pelo BNDES e pela Embrapii e a união de esforços para recursos em Inovação.

Aproximação com empresários

O acordo possibilita também que o BNDES e a Embrapii se aproximem cada vez mais dos empresários que buscam apoio à Inovação. Foram realizadas, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI), apresentações sobre os instrumentos de fomento à inovação para as micro, pequenas e médias empresas de Santa Catarina, Paraná, Minas Gerais e São Paulo.

O diretor-presidente da Embrapii ressalta que o termo de cooperação consolida a parceria de forma mais intensa, aproximando mais os empresários e fomentando a inovação. “O BNDES já era um parceiro informal da Embrapii que sempre se disponibilizou a estar conosco em nossos eventos de prospecção, mostrando aos empresários suas linhas de crédito para inovação”, acrescenta Jorge Guimarães.