Startup brasileira ajuda empresas a reduzirem gastos com hotel

Da Redação
17 de julho de 2017 - 15h42
Plataforma HotelQuando fraciona as diárias permitindo aos viajantes corporativos pagar somente pelas horas que fica no quarto

Uma startup brasileira desenvolveu uma plataforma que permite a grandes empresas economizar com as despesas de viagens corporativas.

Lançado  em 2014 pelos empreendedores Max Campos e Pedro Xavier, o HotelQuando.com é um site que renova o conceito de “diária”, uma vez que permite reservas por pacotes de três, seis, nove ou 12 horas a preços justos. Ao dar maior flexibilidade no serviço, o usuário consegue escolher que horas deseja entrar e sair do hotel, fugindo dos padrões da hotelaria tradicional, de check-in a partir das 14h e check-out até o meio-dia. 

Segundo os criadores da startup, as empresas que utilizam a plataforma conseguem ter redução de 25% em despesas de hospedagens que demandam apenas uma noite. Para períodos menores de estadia, como três ou seis horas, os viajantes corporativos conseguem economizar 50% do valor que pagariam na diária do hotel. Todas as reservas são realizadas pela própria plataforma, disponível para web ou nos aplicativos para iOS e Android. 

“Estima-se que cerca de 40% das viagens a negócios no Brasil demandam só uma noite de hospedagem. E esse percentual tende a crescer, uma vez que as empresas estão encurtando as agendas e se adaptando às viagens express", ressalta Max Campos, CEO da startup. "Esse viajante passa o dia todo na rua e chega ao hotel somente para dormir, não necessitando de uma diária completa. Foi a partir desse levantamento que passamos a entender que a solução oferecida pela HotelQuando tinha um modelo de negócios ideal para o público corporativo”, completa. 

Atualmente, a Hotel Quando conta mais de 700 hotéis parceiros em todo o Brasil, dentre eles grandes redes como Accor, Transamérica, Atlantica, Blue Tree e Deville. Neste mês, a startup superou a marca de de mil empresas cadastradas na plataforma, entre elas estão Philips, Globo.com, Stylux e Midhaus.

Os destinos mais procurados pelos usuários corporativos são as grandes capitais como São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Brasília e Porto Alegre, tendo como interesse hotéis próximos a grandes centros comerciais, aeroportos e centros de convenções.

“Queremos que a HotelQuando se torne a maior provedora de hotéis para pequenas e médias empresas até o final de 2017. Com isso, e sem se esquecer das grandes corporações, pretendemos atingir a marca de 1.800 empresas até o final do ano”, destaca Campos.