Microsoft agora ajuda empresas a avaliar migração para nuvem

PC World / EUA
13 de abril de 2017 - 15h39
Clientes também terão uma maneira mais fácil de acessar descontos nas máquinas virtuais do Windows Server com o Benefício de Uso Híbrido do Azure

Profissionais de TI que precisam migrar as aplicações da empresa para a nuvem podem recorrer a uma nova ferramenta da Microsoft. A fabricante de software está oferecendo um serviço de avaliação de migração para nuvem que faz a análise dos recursos que a empresa usa atualmente, a fim de determinar a viabilidade e o custo dessa mudança.

O cálculo do custo pela Microsoft é impulsionado em parte pelo Azure Hybrid Use Benefit (Benefício de Uso Híbrido do Azure), que permite que os clientes façam a transição para a nuvem utilizando suas licenças existentes do Windows Server com o Software Assurance em máquinas virtuais em operação na nuvem da Microsoft. Isso significa que eles só têm de pagar o preço base para os recursos de computação que usarem.

A partir de agora, todos os clientes podem solicitar o desconto do Azure Management Portal. No passado, esse tipo de implantação de imagens de máquina virtual com desconto era limitado a empresas que tinham contrato com a Microsoft. Outros tiveram que usar Azure PowerShell para configurar os descontos.

O anúncio é parte da estratégia global da Microsoft para incentivar clientes corporativos a migrarem mais de suas cargas de trabalho de servidores on-premises para a nuvem pública Azure. A gigante do software já há algum tempo tem dado ênfase às ferramentas para a execução de configurações da nuvem híbrida.

"No ano passado, vimos muitos outros fornecedores começarem a falar sobre nuvem híbrida, por terem percebido que ela é um ponto central para a estratégia da grande maioria das organizações", disse Julia White, vice-presidente corporativa da Microsoft para o Azure. "E este impulso, seja das ferramentas de migração ou em geral, é melhor amplificado esclarecendo nossas capacidades de nuvem híbrida. É, em essência, o reconhecimento de que [híbrido] é a abordagem para a maioria dos clientes, e que precisa ser feito de uma forma que possa ser durável".

A ferramenta Cloud Migration Assessment permite que o usuário insira manualmente a computação, redes e recursos de armazenamento que já está usando ou importe as mesmas informações de um arquivo em Excel, feito por ele ou gerado pelo Microsoft Assessment and Planning Toolkit.

A ferramenta da Microsoft exibe essa informação e fornece aos usuários um gráfico que mostra um modelo com os custos de continuar a executar as aplicações em um data center próprio e o quanto pagariam para executar as mesmas cargas de trabalho no Azure. A ferramenta oferece um conjunto padrão de pressupostos sobre quanto custa uma implantação on-premises.

Para ter acesso à ferramenta, o usuário tem que fornecer seu nome, informações de contato e o nome da sua empresa. A Microsoft vai usar isso para acompanhar o usuário sobre a sua experiência e também para conectar empresas com negócios de parceiros que podem ajudar na migração, se este for o caso.

A Microsoft também anunciou que sua ferramenta de migração Azure Site Recovery será atualizada nas próximas semanas para que os usuários possam usar mais facilmente o Azure Hybrid Use Benefit ao migrar de outros ambientes.