Verizon pode voltar atrás em compra do Yahoo após novo vazamento gigante

Da Redação
15 de dezembro de 2016 - 18h33
Depois de confirmar que 500 milhões de contas foram comprometidas em 2014, Yahoo acaba de revelar vazamento que afetou 1 bilhão de usuários.

As revelações recentes de dois vazamentos gigantescos de dados dos usuários do Yahoo pode fazer com que a Verizon desiste de comprar a ex-gigante de TI por 4,8 bilhões de dólares, como tinha sido anunciado em julho deste ano.

Segundo a Bloomberg, a operadora dos EUA montou uma equipe de advogados para analisar uma possível redução no valor da compra do Yahoo ou até mesmo a possibilidade de cancelar a aquisição.

Para quem não sabe, o Yahoo revelou nesta quinta-feira, 14/12, que os dados de mais 1 bilhão de contas dos seus usuários foram vazados em um ataque realizado no final de 2013.

Antes disso, em setembro, o Yahoo tinha revelado um outro vazamento gigante que comprometeu dados de pelo menos 500 milhões de contas de usuários após um ataque realizado no final de 2014.

Desde essa primeira revelação, a Verizon apenas falou de maneira protocolar e não mostrou exatamente como se sente sobre esses ataques gigantescos e o possível impacto que poderiam ter na aquisição do Yahoo. 

 

“Como sempre dissemos, vamos avaliar a situação enquanto o Yahoo continua a sua investigação. Vamos revisar o impacto deste novo desenvolvimento antes de chegar a qualquer conclusão final”, afirmou a Verizon em nota sobre o novo vazamento.