Empresa brasileira Nubank recebe aporte de mais de R$200 milhões

Da Redação
07 de janeiro de 2016 - 16h57
Conhecida por oferecer um cartão de crédito que pode ser gerenciado diretamente pelo smartphone, companhia de fintech estaria avaliada em US$500 milhões.

Mesmo em meio à crise econômica e a uma suposta desconfiança do mercado externo com o país, a empresa brasileira de serviços financeiros tecnológicos (fintech) Nubank revelou nesta semana que recebeu um aporte de cerca de 208 milhões de reais (52 milhões de dólares) no seu Series C.

A rodada de investimentos em questão foi liderada por um fundo de capital do Vale do Silício, chamado Founder Fund, do bilionário Peter Thiel. Também participaram dessa rodada a Sequoia Capital e Kaszek Ventures, que já tinham investido no Nubamk anteriormente, e a  empresa de investimentos Tiger Global Management, com sede em Nova York.

Conhecido por oferecer um cartão de crédito que pode ser gerenciado diretamente pelo smartphone, o Nubank diz que mais de 1,6 milhão de pessoas já pediram o seu cartão. A empresa ainda destaca que possui clientes em todos os estados brasileiros.

De acordo com uma reportagem do The New York Times, que cita pessoas próximas do assunto como fonte, a nova rodada de investimentos deixaria o Nubank com um valor de mercado de aproximadamente 500 milhões de dólares.

Windows Phone

 

Vale lembrar que o Nubank lançou no final de 2015 o seu aguardado aplicativo para aparelhos Windows Phone. Até então, a empresa só tinha apps para as plataformas iOS, da Apple, e Android, do Google.