Samsung faz última tentativa para evitar pagar US$548 milhões à Apple

PC World / EUA
15 de dezembro de 2015 - 10h58
Fabricante sul-coreana entrou com apelação para levar disputa com a sua rival para a Suprema Corte dos EUA.

A Samsung está tentando levar sua briga já antiga por patentes com a Apple para a Suprema Corte dos EUA. 

Nesta segunda-feira, 14/12, a empresa sul-coreana entrou com uma apelação pedindo que a justiça analise as regras sobre patentes de design – leis que não são tocadas há 120 anos.

A iniciativa acontece no mesmo dia em que a Samsung deve pagar 548 milhões de dólares para a Apple em danos por conta da violação de diversas patentes e é funciona como uma espécie de última tentativa da fabricante em conseguir reduzir o valor total a ser pago.

A tentativa da Samsung está relacionada ao pagamento de 399 milhões de dólares em danos por violar três patentes de design, que cobrem a face e o design arredondado da borda do iPhone e a grade de 16 ícones na tela inicial do aparelho.

Esses danos correspondem a todo o lucro da Samsung com os smartphones que fabricou e que são cobertos pelo processo, algo que a empresa diz ser injusto e baseado em uma lei desatualizada.

“A Samsung está escalando esse caso porque acredita que a maneira como as leis foram interpretadas não está em linha com os tempos modernos”, afirmou a companhia em um comunicado sobre o assunto.

Para vencer essa discussão, a Samsung primeiro precisa convencer a Suprema Corte a pelo menos ouvir o caso. Vale notar que a corte recebe cerca de 10 mil apelações desse tipo por ano e consegue ouvir cerca de 75 delas por temporada.

Feito isso, a Samsung precisa conseguir argumentar com sucesso o caso da sua apelação, o que são duas coisas nada certas no momento.