Como ter sucesso na sua startup e fugir das armadilhas de empreender

Da Redação
13/03/2014 - 11h29
O brasileiro é empreendedor - 32% da população tem empresa - mas enfrenta ambiente hostil para crescer. Livro conta os segredos para se dar bem

Em 2013, 123 milhões de brasileiros (32% da população) finalizaram o ano com uma empresa ou empreendimento, diz o relatório sobre Empreendedorismo no Brasil, da Global Entrepreneurship Monitor (GEM). No entanto, esses milhões de empreendedores navegam em mares hostis e, segundo dados do Sebrae Nacional (Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequena Empresa), de cada 100 empresas criadas, 24% morrem antes de completar dois anos.

Se você tem uma startup de tecnologia, vai dizer que o caminho é buscar investidores. Não se engane. Quase nunca o fator sobrevivência é ligado ao dinheiro, e sim ao modo como a empresa se comporta para de fato ser uma operação sustentável. É necessário reunir recursos financeiros, humanos, materiais e organizacionais para consolidar o empreendimento.

Na obra “Papo Empreendedor – Uma reflexão essencial para chegar ao topo e ter sustentabilidade nos negó­cios

”, os escritores Irani Cavagnoli (ex-diretor executivo do Sebrae) e Reinaldo Domingos (autor do best-seller Terapia Financeira) acreditam que têm "o caminho das pedras". O livro está sendo lançado nesta quinta-feira, 13 de março. Para quem mora em São Paulo, os autores estão na Saraiva Shopping Pátio Paulista, em São Paulo, a partir das 19 horas, conversando com os leitores.

O livro, segundo Cavagnoli, "busca fechar a equação do sucesso empresarial, mostrando que ela passa pela busca constante de conhecimento, consolidação de uma rede de contatos, perseverança e o descarte de receitas mágicas, ingredientes essenciais no dia a dia do empreendedor". Reinaldo Domingos, que é educador e terapeuta financeiro, aplica no livro os princípios da sua Metodologia DSOP (Diagnosticar, Sonhar, Orçar e Poupar) que, segundo ele, embora tenha sido criada para o mundo financeiro, "se mostra totalmente adaptável ao empreendedorismo”.

O pilar Diagnosticar significa que o empreendedor deve, em primeiro lugar, fazer o “reconhecimento do terreno que pretende pisar”. Sonhar, se refere ao fato de que as oportunidades para empreender são muitas e o empreendedor precisa escolher a que mais se ajusta ao seu sonho e com isso ampliar sua motivação. No item Orçar, o sonho ganha um planejamento sobre os custos da sua materialização; e o item final, Poupar, indica que um plano de negócios precisa ser acompanhado de algo concreto que entregue valor para a sociedade.

O livro leva o leitor a entender os conceitos e analisar sua aplicação na sua vida prática a partir de uma conversa fictícia entre seis empreendedores em busca da melhor forma de viabilizar seus sonhos.