Windows Azure chega na segunda metade de 2009 com preços variáveis

Network World/EUA
31/10/2008 - 08h30
Framingham - Novo sistema operacional para cloud computing começa a chegar na segunda metade de 2009. Microsoft revela métricas de cobrança.

O novo sistema operacional da Microsoft para cloud computing, Windows Azure, começa a chegar ao mercado na segunda metade de 2009, e os preços serão definidos por um conjunto de métricas informou a Microsoft na quinta-feira (30/10).

No site do Azure, a empresa explica que o novo sistema será oferecido diretamente pelo Microsoft Online Customer Portal e por meio de fornecedores de software independentes se o usuário adquirir uma aplicação ISV que use a plataforma Azure Services.

A Microsoft reitera que o Azure será oferecido gratuitamente durante o período chamado Community Technology Preview, mas uma vez lançado comercialmente, o sistema torna-se pago e será cobrado de acordo com o volume de recursos consumido pelo cliente. A Microsoft pretende dividir o consumo baseado em plataformas de serviços e em usos específicos.

O tempo de consumo de CPU será medido em horas, a banda ou o acesso ao data center da Microsoft será verificado por Gigabytes, assim como é feito em uso de armazenamento de dados; e transações serão medidas por solicitações.

As métricas para uso da plataforma online serão divididas em seções. O Windows Azure será cobrado com base em serviços de computação e armazenamento; serviços .Net em controle de acesso e workflow; SQL Services em bancos de dados serão cobrados por aplicações de cada linha de negócios; e o SharePoint, que não está incluso na versão inicial do Azure, será cobrado com base em componentes usados pelos desenvolvedores e embutivos em suas aplicações.

Além disso, a Dell anunciou que lançará um hardware exclusivo - uma versão de seu equipamento para data center com rack - para rodar o Azure.

John Fontana, editor da Network World, de Framingham (US)