Jornalistas estrangeiros têm e-mails invadidos na China

IDG News Service
31 de março de 2010 - 09h37
Contas do Yahoo foram suspensas após ataques. Configurações também foram modificadas e uma delas redirecionava mensagens para diferentes endereços.

Contas de e-mail de oito jornalistas estrangeiros que trabalham na China e Taiwan foram invadidas recentemente, levando o Yahoo a suspender diversas delas semana passada, informou o Clube de Correspondentes Internacionais da China (FCCC) nesta quarta-feira (31/3).

Uma das contas invadidas teve suas configurações modificadas, de modo a encaminhar todos os e-mails para outro endereço, segundo comunicado da FCCC.

“O Yahoo não respondeu aos questionamentos da FCCC sobre os ataques, nem disse aos usuários como as contas foram acessadas. Segurança de senhas e malwares são preocupações frequentes”, afirmou o grupo.

Por mais que não haja evidências da ligação das contas invadidas com o governo chinês, o alerta da FCCC destaca a crescente preocupação com a vigilância dos e-mails individuais de ativistas de direitos humanos e jornalistas estrangeiros que trabalham no país, geralmente vistos com suspeita pelo governo local. 

(Nancy Gohring)