RecargaPay é opção para recarga de Bilhete Único antes do reajuste da tarifa em SP

Da Redação
12/01/2019 - 13h20
Recargas realizadas até 23h59 de 12 de janeiro garantem aos usuários os valores de 2018 (R$ 4 por viagem e R$ 6,96 para integração

Devido ao aumento das  tarifas do transporte público de São Paulo, em 13 de janeiro, grandes filas são esperadas nas estações de trem e metrô. Para incentivar a recarga remota e ajudar a diminuir as filas, a RecargaPay, fintech de pagamentos por celular, promove um código de desconto de R$ 10 a todos os usuários que recarregarem seus Bilhetes Únicos pela primeira vez usando o aplicativo.

Recargas realizadas até 23h59 de 12 de janeiro garantem aos usuários os valores de 2018 (R$ 4 por viagem e R$ 6,96 para integração). A busca pelas tarifas em conta já é visível no aplicativo. O volume de transações, segundo a empresa, aumentou 81,92% na primeira semana de janeiro de 2019, se comparado à primeira semana de dezembro de 2018, com picos de recargas no domingo, 6 de janeiro, dia que antecedeu o aumento das tarifas dos ônibus.

"Muitas vezes as pessoas lembram do aumento de tarifa quando já estão em casa, ou aos finais de semana, e para carregar seus bilhetes com as tarifas antigas, têm que se deslocar até um posto de recarga. Pelo aplicativo, o usuário pode simplesmente inserir o crédito no Bilhete Único a qualquer momento, sem ter que sair de casa nem pegar filas", declara Renato Camargo, CMO da RecargaPay.

O aplicativo é gratuito e não cobra taxas para as transações de cartões de transporte. Para ativar o desconto, basta usar o código BU no momento do pagamento, que pode ser realizado tanto por cartão de crédito quanto por saldo da carteira.

O valor da recarga entra no Bilhete Único em até cinco minutos e transações até R$ 20 devolvem 5% do valor para a carteira do usuário. Para finalizar a operação, o bilhete deve ser validado em uma das máquinas de recargas espalhadas pela cidade, mas a validação pode ser feita depois da data do reajuste.