5 coisas que você poderá fazer melhor com 5G

Déborah Oliveira*
07 de dezembro de 2018 - 08h05
Downloads mais rápidos, transmissão otimizada de vídeo e em realidade virtual são algumas delas

Os primeiros smartphones com 5G deverão chegar ao mercado no primeiro semestre de 2019. Apesar desse avanço, a quinta geração das comunicações móveis deve desembarcar no Brasil apenas em 2020. O desafio em solo nacional gira em torno do uso da faixa para 5G.

Em agosto deste ano, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) publicou consulta pública sobre proposta de Regulamento sobre Condições de Uso da Faixa de Radiofrequências de 2,3 GHz. Ela estabelece as condições de uso dessa faixa para operação do 5G, que permite velocidades de até 100 mega ao usuário, dez vezes mais do que o 4G. 

Nesse meio tempo, operadora e fabricantes executam testes na faixa de 3,5 GHz para viabilizar essa radiofrequência também para 5G. A dificuldade atual, contudo, está em interferências na recepção de sinais pelas antenas parabólicas.

Enquanto o espectro está em discussão, o IDG Now! captou no Snapdragon Tech Summit, evento da Qualcomm, onde a empresa lançou o Snapdragon 855, pronto para 5G, cinco coisas que você poderá fazer melhor quando o 5G estiver operando em larga escala. 

1. Downloads mais rápidos

Hoje, as redes móveis 4G mais rápidas oferecem velocidade, em média, de aproximadamente 45Mbps. Com o 5G, a promessa é de alcançar 1Gbps. Segundo a Qualcomm, o 5G pode atingir velocidade de navegação e download cerca de dez a 20 vezes mais rápida do que a atual.

Para provar a velocidade de download do 5G, os funcionários da Motorola presentes no evento da Qualcomm realizaram alguns testes com o Moto Snap 5G, capa que integra um modem X50 da Qualcomm, acoplado magneticamente ao smartphone Moto. 

No teste, um arquivo com 1GB consumiu 17 segundos para ser baixado, ou 470 megabits por segundo, menos do que as velocidades prometidas de 1Gbps que esperam ser obtidas quando o 5G for lançado comercialmente. 

17 segundos

Segundo a Motorola, essa velocidade será ainda mais maior ‘na vida real’, uma vez que o executivo da empresa explicou que o ambiente estava muito cheio e com muitas pessoas usando dispositivos 5G e não performou conforme o esperado. 

A empresa alega que realizar o download de seis vídeos em 4K em 360 graus demandará apenas 130 segundos com o aparato. Já ao baixar quatro vídeos em 4K do Netflix será possível fazer em um pouco mais de 90 segundos. Outro indicador fornecido pela empresa é a capacidade de baixar dez episódios de uma série em um minuto.

2. Experiência imersiva em jogos

A Qualcomm informou que o Snapdragon 855 é a primeira plataforma a oferecer nova experiência de jogos, com desempenho 30% mais rápido. Essa experiência inclui gradação de cor cinematográfica em HDR real, mapeamento de tom fílmico, exigente processamento baseado em física (PBR) e suporte para a biblioteca gráfica Vulkan 1.1. 

Mesmo os jogos mais exigentes funcionarão melhor com o Snapdragon 855, com algoritmos personalizados projetados para reduzir os quadros perdidos em mais de 90%. Isso significa redução de latência e melhora da experiência multiplayer. 

3. Transmissão otimizada de vídeos 8K 

O 5G não vai apenas fazer com que as velocidades de download e upload sejam mais rápidas. A infraestrutura permitirá que mais dispositivos sejam conectados à rede, graças ao maior suporte de largura de banda. Além disso, o aumento na capacidade de dados significará menos latência e menos conexões descartadas e serviços e experiências como transmissão de vídeo em 8K. 

Demonstrações realizadas pela Qualcomm apresentadas com o modem X50 atingiu a velocidade de conexão de 1,5 GB/s - o suficiente para transmitir vídeos com uma resolução de 8K.

4. Consumo otimizado de conteúdos em realidade virtual

A Qualcomm usa o termo XR para descrever a combinação da realidade virtual (RV) e a realidade aumentada (AR). O Snapdragon 855 também possibilita a experiência de vídeo imersivo de realidade virtual (VR) volumétrica em resoluções 8K. Essa capacidade oferece aos usuários a liberdade de assistir, aprender, jogar e compartilhar experiências dinâmicas em tempo real, tornando ainda mais tênue a linha que separa o mundo físico do virtual. 

VR qualcomm

O suporte a headsets com mais pixels fará com que os espaços virtuais pareçam ainda mais reais eliminando traços indesejáveis. A Qualcomm prevê objetos digitais de aparência mais realista que podem ser sobrepostos à realidade.

5. Performance de aplicativos aprimorada

Com mais qualidade e velocidade de conexão, a Qualcomm acredita que o desempenho de aplicativos será ainda mais aprimorada. Se hoje, as ligações de vídeo e as chamadas de voz via aplicativo sofrem com quedas e ficam congeladas em alguns momentos, o 5G deverá acabar com esses desafios e apresentar uma experiência aprimorada. Aplicativos de mídia social e streaming também presenciarão grandes melhorias. Sem contar com os apps de GPS e os que contam com geolocalização, que terão a latência reduzida drasticamente.

App Qualcomm

*A jornalista viajou a Mauí, no Havaí, a convite da Qualcomm