Por dentro do Snapdragon 855: 5 capacidades que você precisa conhecer

Déborah Oliveira
06 de dezembro de 2018 - 08h15
Detalhamos todas as novidades da plataforma da Qualcomm, que promete mais desempenho e capacidades inovadoras para smartphones. Confira

A Qualcomm reúne quase 330 jornalistas de todo o mundo nesta semana no Snapdragon Tech Summit 2018, em Maui, no Havaí, para mostrar as novidades da empresa para 2019. A grande vedete do evento é, sem dúvidas, o Snapdragon 855, plataforma que suportará velocidades de download multi-gigabit em redes 5G.

A plataforma também comporta recursos de inteligência artificial (AI) e realidade estendida imersiva (XR). Usando novas arquiteturas de chip construídas na tecnologia 7nm, o Snapdragon 855 oferecerá aos usuários vida de bateria de longa duração e experiências superiores em áreas como imagens, áudio, jogos e XR.

No segundo dia do encontro, a empresa apresentou os detalhes do processador, que deverá chegar ao mercado já no primeiro semestre de 2019 em smartphones OnePlus e Samsung. Confira a seguir as cinco capacidades destacadas pela Qualcomm para o Snapdragon 855.

1. Conectividade

Segundo Durga Malladi, vice-presidente sênior e gerente-geral para 4G/5G da Qualcomm Technologies, o Snapdragon 855 aproveita o melhor da conectividade 4G multi-gigabit com o modem Snapdragon X24 LTE integrado.

Equipado com Snapdragon X50, a plataforma suporta 5G para as bandas de frequências Sub-6 GHz e mmWave, proporcionando rápida capacidade de resposta e a grandes velocidades. 

Ele foi projetado para fornecer velocidades Multi-Gigabit que hoje não são possíveis na comunicação móvel. Nas bandas de frequência mmWave, os usuários podem esperar um desempenho médio até 20 vezes mais rápido em comparação com algumas das soluções comerciais atuais. Na prática, isso significa melhores experiências imersivas, como jogos que contam com vários players em realidade virtual e colaboração em vídeo.

O Wi-Fi, destacou o executivo, que conta com a plataforma Qualcomm Wi-Fi 6, oferece duas vezes eficiência em comparação com dispositivos 4x4. “A segurança também foi aprimorada”, garantiu ele, acrescentando que ela foi fortalecida com o WPA3.

Além disso, contou, o Snapdragon 855 também suporta o Wi-Fi da mmWave, utilizando a plataforma móvel Wi-Fi de 60 GHz da Qualcomm. De acordo com ele, essa é a primeira plataforma industrial baseada em 802.11ay, que leva as velocidades de Wi-Fi a 10 Gbps e garante baixa latência. 

Durga

O Snapdragon 855 também aprimora seu suporte para a tecnologia Qualcomm TrueWireless Stereo Plus para atender as crescentes demandas nos mercados de headsets e hearables para dispositivos sem fio, otimizando a baixa latência entre os fones de ouvido esquerdo e direito e diminuindo o consumo de energia, permitindo maior tempo de audição.

2. Desempenho

Vídeos em 4K e jogos em celulares são uma realidade, sentenciou Travis Lanier, diretor sênior de gerenciamento de produtos da Qualcomm Technologies. “O Snapdragon 855 foi, portanto, desenhado para balancear poder e desempenho nessa seara”, sintetizou.

Lanier explicou que a plataforma apresenta a CPU Qualcomm Kryo 485, construída com a tecnologia Arm Cortex, oferecendo melhoria de desempenho de até 45% em relação à plataforma da geração anterior. 

A nova GPU Qualcomm Adreno 640 é outro reforço. Ela fornece gráficos até 20% mais rápidos do que a geração anterior. Assim, jogos usando gráficos Adreno alcançarão um nível de realismo com o suporte do Vulkan 1.1, HDR (high dynamic range) e PBR (physical based rendering).

Essas capacidades, disse, garantem melhor performance também em aplicativos de mídia social, multimídia e comunicação. 

3. Otimizado para inteligência artificial (AI)

O mercado de tecnologia está ávido por soluções de inteligência artificial que vão muito além de bots. A Qualcomm incluiu um motor de AI de quatro núcleos no Snapdragon 855. Gary Brotman, diretor de produtos sênior da Qualcomm Technologies, revelou que esse recurso oferece capacidade total de mais de 7 trilhões de operações por segundo (7 TOPs) e três vezes o desempenho do AI em comparação com a plataforma móvel da geração anterior. 

O novo processador Qualcomm Hexagon 690 inclui um recém-projetado Acelerador Tensor Hexágono (HTA) e quatro Hexagon Vector eXtensions (HVX) - uma duplicação do processamento vetorial da geração anterior. 

Os aprimoramentos de hardware da GPU Adreno que melhoram a aceleração AI incluem 50% mais unidades lógicas aritméticas, e novas instruções para acelerar o desempenho da IA foram adicionadas à nova CPU Kryo 485. 

A suíte de software da 4ª geração Qualcomm AI Engine traz uma série de aprimoramentos para o Qualcomm Neural Processing SDK, a NN-API Android do Google e para o Hexagon NN e a Qualcomm Math Library. 

Além disso, uma gama ampla de precisões de rede otimizadas e classes de redes neurais estão disponíveis para suportar o aumento de experiências de usuários de voz, câmera, jogos e XR no dispositivo, muitos dos quais estão disponíveis para parceiros de software AI da Qualcomm Technologies e serão apresentados na próxima geração de dispositivos Snapdragon 855. 

A lista de parceiros de software de AI da Qualcomm agora inclui AI Speech, AnyVision, iFlytek, Elevoc e Nalbi. Além disso, o Snapdragon 855 traz um Assistente de Voz no dispositivo usando aceleração AI dedicada para cancelamento de eco e supressão de ruído, para que os usuários possam interagir com o Assistente de Voz a qualquer momento.

Nos testes realizados pelo IDG Now! na área de demonstração do evento, foi possível ver de perto o sistema de áudio, que bloqueia som ambiente e oferece melhor qualidade de áudio apenas para a pessoa que está falando, melhorando-o sobremaneira em gravações ou chamadas de áudio em locais barulhentos.

Acustic

Eddie Chung, diretor de produtos de Google Lens, explicou que o Google também tem trabalhado em estreita colaboração com a Qualcomm para aprimorar as capacidades de Google Lens. Na área de demonstrações foi possível ver a aplicação na prática. Agora, o reconhecimento de texto e a tradução podem ser feitos localmente, sem necessidade de uso da internet e três vezes mais rápido do que antes. Além disso, a compreensão de objetos em imagens ficou mais rápida.

Google e qualcomm

4. Câmera

O Snapdragon 855 tem agora novos padrões para a captura de fotos e vídeos. Conforme explicou Judd Heape, diretor sênior de gerenciamento de produtos da Qualcomm Technologies, o ISP Qualcomm Spectra 380 é o responsável por isso. Ele integra vários recursos de visão computacional (CV) acelerados por hardware, permitindo que o primeiro CV-ISP do mercado forneça recursos de fotografia computacional e captura de vídeo de última geração e, ao mesmo tempo, ofereça economia de energia de até quatro vezes. 

O CV-ISP inclui detecção de profundidade baseada em hardware que permite captura de vídeo, classificação de objetos e segmentação de objetos, tudo em tempo real em 4K HDR a 60fps. Isso significa que um usuário pode capturar um vídeo e substituir com precisão objetos ou fundos selecionados na cena em tempo real. 

Além disso, o novo Qualcomm Spectra 380 ISP é o primeiro ISP anunciado a oferecer suporte à gravação de vídeo usando o HDR10 +, de modo que os mais de 1 bilhão de tons de cores podem ser capturados com contraste e brilho visual. 

Para armazenar os arquivos sem consumir muito espaço, um desafio dos novos tempos, o Snapdragon 855 adiciona aceleração de hardware para a codificação de formato de arquivo HEIF, reduzindo em 50% o tamanho dos arquivos para salvar e enviar o conteúdo gerado.

Heape contou que ainda no primeiro semestre do ano, a Qualcomm já terá um Original Equipment Manufacturer (OEM, em português fabricante do equipamento original) com a segunda geração de 4K HDR para captura de vídeos.

5. Entretenimento aprimorado

Hiren Bhinde, diretor de gerenciamento de produto da Qualcomm Technologies, lembrou que a indústria de games tem saltado exponencialmente, sendo, hoje, um mercado que movimenta US$ 140 bilhões. Assim, o Snapdragon 855 não poderia deixar de ter uma funcionalidade para games.

O Snapdragon 855 tem nova funcionalidade no Snapdragon Elite, contou Leilani DeLeon, diretora de jogos móveis e produtos XR da Qualcomm. A experiência inclui gradação de cor cinematográfica em HDR real, com cerca de 1 bilhão de cores, mapeamento de tom fílmico, processamento baseado em física (PBR) e suporte para a biblioteca gráfica Vulkan 1.1. 

Os jogos, portanto, terão algoritmos personalizados projetados para reduzir os quadros perdidos em mais de 90%. Os jogos multijogadores terão experiência aprimorada, promete a Qualcomm, com redução de latência. 

VR Game

Bhinde revelou que a experiência de áudio foi aprimorada com o codec de áudio adaptável Qualcomm aptX e suporte para o Qualcomm TrueWireless Stereo Plus. Já para experiência de vídeo imersiva de realidade virtual (VR) volumétrica, o Snapdragon 855 propõe resoluções de 8K. 

David Cole, cofundador e CEO da NextVR, parceiro Qualcomm que oferece experiências imersivas em realidade virtual, contou que hoje a empresa já soma 470 produções em VR e esse número deverá saltar com a melhoria dos processadores, levando os usuários para experiências imersivas, como assistir a jogos de basquete sem sair de casa, no conforto do sofá.

*A jornalista viajou a Maui, no Havaí, a convite da Qualcomm