OnePlus terá 5G em 2019, promete CEO

Déborah Oliveira*
05 de dezembro de 2018 - 21h08
Peter Lau afirmou durante o Snapdragon Tech Summit que empresa será pioneira no lançamento do aparelho na Europa

A chinesa OnePlus quer ser a primeira no mundo a vender smartphones com 5G. Durante o Snapdragon Tech Summit, realizado no Havaí nesta semana pela Qualcomm, o CEO da OnePlus, Peter Lau, afirmou que o aparelho será pioneiro no uso do novo chipset Snapdragon 855, otimizado para a quinta geração de telefonia móvel.

Ao contrário do que se pode esperar, no entanto, o aparelho não será batizado de OnePlus 7 – atualmente, a versão 6T é a comercializada. A empresa não revelou detalhes do aparelho, nem mesmo o seu nome. O OnePlus com 5G será, portanto, a segunda linha fora da sua atual família de telefones. O primeiro modelo a ir nessa direção foi o OnePlus X, em 2015.

“Estamos aprimorando nossos esforços em pesquisa em 5G e lançaremos junto com a BT/EE o primeiro smartphone 5G na Europa”, revelou Lau. “Temos visões similares e clientes que demandam capacidades de última geração e alta velocidade”, comentou Fotis Karonis, Managing Director Mobile e convergência de voz da BT/EE. A expectativa, adiantaram os executivos, é de que o aparelho chegue às novas na Europa na primeira metade de 2019.

A OnePlus é hoje, segundo consultorias, uma febre em mercados emergentes, sendo a marca de celulares preferida na Índia. Recentemente, o aparelho ingressou com força total no mercado tradicional das operadoras dos Estados Unidos quando o 6T começou a ser comercializado pela T-Mobile em novembro.

Já o Snapdragon 855 é o mais recente membro da família de processadores móveis Snapdragon. O System-on-Chip (SoC) multi-gigabit é capaz de suportar redes 5G e vem com o Sensor Sonic 3D da Qualcomm, uma atualização nos scanners biométricos atuais, o ISP da Computer Vision (CV) e aprimoramentos no Wi-Fi, uso de energia e segurança.

*A jornalista viajou a Maui, no Havaí, a convite da Qualcomm