Celulares seminovos são itens eletrônicos mais buscados no e-commerce

Da Redação
01 de junho de 2018 - 09h11
Segundo levantamento da empresa MyWit, em 2017 houve um aumento de 25% nas buscas de smartphones seminovos quando comparado com o ano anterior

Atualmente, dentro da categoria de eletrônicos, a busca por aparelhos celulares lidera o ranking de seminovos, uma vez que, enquanto muitos consumidores desejam acompanhar os lançamentos do mercado tecnológico, e vendem ou trocam aparelhos em perfeito estado em programas de trade-in, outros clientes adquirem estes dispositivos por um preço mais em conta, sem perder em qualidade do produto.

Um levantamento realizado pela MyWit, empresa especializada em restauração e comercialização de smartphones seminovos, buscou entender melhor o perfil desses consumidores. Em 2017, em pesquisa realizada com seus clientes, a MyWit identificou um aumento de 25% nas buscas de smartphones seminovos quando comparado com o ano anterior. 

Outro dado interessante é o equilíbrio entre as buscas realizadas por homens e mulheres: 55% das buscas foram de perfis masculinos e 45% femininos. Já quanto à faixa etária que compra celulares seminovos, a oscilação fica entre 18 a 35 anos, enquanto a média é prioritariamente mais jovem, de 25 anos de idade.

Já segundo a Ebit, empresa referência em informações sobre o e-commerce brasileiro, as vendas via marketplace, impulsionadas pela expansão do Mercado Livre, atingiram R$73,4 bilhões em 2017, alta de 21,9% em 2017. Portanto, enquanto o e-commerce tradicional cresceu 8%, o e-commerce total, que inclui produtos usados, artesanato, etc, teve crescimento nominal de 22%, número expressivo no qual o segmento de aparelhos celulares seminovos está incluso.