Especial: 7 recursos do Android P que prometem te deixar mais produtivo

JR Raphael, Computerworld/ EUA e Redação
14 de maio de 2018 - 16h52
Conforme revela o beta, a próxima versão do sistema móvel do Google quer te ajudar a fazer mais coisas com menos esforço.

O novo sistema de navegação por gestos pode ser o recurso mais chamativo do Android P, mas a próxima versão do sistema móvel do Google também possui a sua cota de mudanças menores. E esses toques aparentemente sutis costumam trazer as melhorias mais significativas para o uso no dia-a-dia.

As 7 novas ferramentas do Android P listadas abaixo não receberão necessariamente muita atenção em anúncios ou reviews, mas todas apresentam potencial para te ajudar a fazer mais coisas com menos esforço.

1-Smart Reply em todos os lugares

O sistema do Google para prever respostas curtas – já visto anteriormente nos apps de e-mail Inbox e Gmail – se espalha para o nível do sistema com o Android P. Nas notificações de diversos apps voltados para mensagens, como Slack e Pulse, o Android agora fornece um conjunto de sugestões de respostas rápidas dentro da notificação de cada mensagem. 

Obviamente essas sugestões não funcionarão em todas as situações nem substituirão toda a sua comunicação pessoal. Mas para aquelas respostas mais rápidas, elas podem acabar sendo bastante úteis no sentido de economizar tempo. 

Eventualmente, de qualquer maneira. Por enquanto, o sistema ainda está pela metade e só parece ter um conjunto padrão de respostas para cada aplicativo – respostas que são fornecidas todas as vezes, sem contexto e não importando se realmente fazem sentido (ou não). 

2-Seleção inteligente de texto no Overview

A nova interface Overview é um tanto bagunçada, mas um elemento intrigante é a sua habilidade recente que te permite selecionar textos dos apps sem precisar realmente abri-los. 

Tudo que você precisa fazer é apertar e segurar o dedo pressionado em uma área de texto dentro do thumbnail de um app, e o Android iniciará a seleção. Você pode mover o cursor para encontrar a área exata do texto que quer – para então copiar, fazer uma busca na web ou compartilhá-la diretamente com outro aplicativo. 

A parte “inteligente” do sistema vai detectar quando você estiver selecionando algo como um endereço físico, uma URL ou um número telefônico e então oferecerá sugestões apropriadas – como enviar o endereço para navegação no Maps, abrir a URL no Chrome, ou discar o número no app Telefone. 

Vale notar ainda que a interface Overview também permite fazer algo parecido com imagens. Você pode apertar e manter pressionado sobre uma imagem no thumbnail de um app – e então compartilhar essa imagem diretamente com qualquer outro aplicativo no seu smartphone.

3-Slices

Esse recurso ainda levará algum tempo para ser útil, já que exigirá suporte dos desenvolvedores antes de oferecer valor aos usuários – mas a nova ferramenta Slices poderá eventualmente reformatar a maneira como encontramos informações e ações nos aplicativos.

Com o Slices, em breve você poderá buscar por algo como “Uber” na caixa de buscas da sua tela inicial, e o Google então mostrará coisas como o tempo atual de espera juntamente com ícones para solicitar diretamente por ali uma corrida para casa ou para o trabalho. Você pode interagir com as informações e realizar as suas tarefas sem nem precisar abrir o aplicativo associado. E pelo que parece, a caixa de buscas é apenas a parada inicial entre os lugares em que o Google pretende mostrar essas informações. 

O sistema do Slices ainda não está no ar – nem há muitos desenvolvedores a bordo, presumivelmente, em um estágio tão inicial – mas é definitivamente algo para ficar de olho se você busca aumentar a sua eficiência.

4-Gerenciamento mais simples de screenshots

Vimos sinais disso há alguns meses, e o Android P realmente traz um Sistema mais simples e direto para lidar com screenshots. Sempre que você capturar uma screenshot com o Android P, o sistema mostrará uma caixa no topo da tela com opções para compartilhar, editar ou apagar a imagem com um único toque. A opção “Edit”, por exemplo, te leva para um editor simples e eficiente, com comandos fáceis para cortar, editar ou anotar uma imagem – e então salvar ou compartilhar o resultado final.

5-Gerenciamento mais inteligente de bateria

A regra óbvia dos aparelhos eletrônicos: você não pode ser produtivo se os dispositivos estão desligados. O Android avançou bastante nos últimos anos em termos de gerenciamento de energia, e a nova versão P parece elevar ainda mais as coisas neste sentido com uma forma mais inteligente de preservar a bateria.

O novo sistema, chamado de Adaptive Battery, aprende com o tempo a forma como você usa os aplicativos – e então limita as funcionalidades que sugam energia dos apps que você não usa com frequência. É preciso habilitar o recurso para que ele funcione, mas certamente a novidade tem o potencial de estender uma carga de bateria para além do que é possível atualmente.

O sistema também fornece estimativas mais precisas sobre exatamente quando o seu aparelho deverá “morrer” com base no seu uso típico – tanto na seção Bateria das configurações de sistema, e ainda mais precisamente quando a sua bateria estiver baixa e o tempo se esgotando.

6-Controle de tela mais inteligente

Tentar manter o brilho da tela no nível certo é uma batalha sem fim, e o recurso de brilho automático do Android nunca foi especialmente bom em automatizar o processo. Uma nova funcionalidade chamada Adaptive Brightness tenta corrigir isso ao observar como você ajusta a barra de brilho nos diferentes ambientes de luz e então se adapta as suas preferências para automatizar esse mesmo comportamento. 

Ainda não testei o beta do Android P por tempo suficiente para comentar sobre o funcionamento do recurso, mas certamente parece uma mudança positiva – que poderia permitir que focássemos mais no que estamos fazendo em vez de como estamos fazendo.

7-Rotação de tela menos irritante

Todos já passamos por isso: você está no meio de uma tarefa no seu smartphone, e de repente a tela gira para a orientação paisagem. Então você precisa fazer algum movimento estranho com o aparelho com as mãos para fazê-lo voltar ao modo retrato. Já é o bastante para irritar muita gente. 

O Android P tem uma solução para isso: em vez de rodar automaticamente a sua tela sempre que o aparelho entender que você está alterando a orientação (ou te obrigar a desligar a rotação de tela de uma vez), um novo botão de rotação aparecer no canto da barra de navegação toda vez que o aparelho estiver sendo girado. Então fica a seu cargo tocar neste botão se você quiser realmente que a tela mude de orientação – mas como o botão está logo ali (e apenas presente quando necessário), é extremamente fácil usá-lo.

E também será possível continuar usando o modo antigo de configuração automática de rotação, em vez deste novo recurso.