Apple deve oferecer streaming de outras plataformas através de um único app

IDG News Service
10 de maio de 2018 - 11h00
Serviço poderia simplificar o confuso conjunto de apps, contas e logins necessários para navegar no mundo cada vez mais complexo do streaming

Uma reportagem da Bloomberg afirma que a Apple planeja começar a vender assinaturas para serviços de streaming de terceiros diretamente através de seu aplicativo de TV. Isso pode simplificar bastante o confuso conjunto de aplicativos, contas e logins necessários para navegar no mundo cada vez mais complexo da transmissão de vídeo sob demanda.

Atualmente, o aplicativo de TV da companhia reúne conteúdo de vários aplicativos e serviços diferentes. A lista de apps e serviços compatíveis - pelo menos nos EUA é bastante extensa, incluindo HBO Go e Now, Hulu e a maioria dos principais apps de conteúdo de vídeos. Notavelmente ausentes estão Netflix, DirectTV Now, PlayStation Vue ou YouTube TV - esses serviços funcionam bem no Apple TV, mas não se integram ao aplicativo em questão.

Se um serviço for compatível com o aplicativo de TV da Apple, você poderá pesquisar programas rapidamente usando a experiência de pesquisa unificada e adicionar qualquer programa a uma lista de observação que preencherá automaticamente a tela "Assistir agora" quando um novo episódio estiver disponível. Basta clicar e pular diretamente para esse episódio no aplicativo.

Mas, crucialmente, você, primeiro, precisará baixar qualquer um desses apps suportados, abri-los, se inscrever e fazer o login. A Bloomberg diz que a Apple está tentando mudar tudo isso, com a capacidade de se inscrever, digamos, no HBO Now diretamente no seu aplicativo com suas credenciais da Apple e informações de pagamento. 

A mudança simplificaria muito toda essa história. Você ainda conseguiria, aparentemente, pular para o aplicativo apropriado para a reprodução, mas até mesmo esse aborrecimento poderia desaparecer, como afirma a Bloomberg, "a Apple poderia, eventualmente, mover o streaming para o seu próprio aplicativo".

O impacto em você em casa: A matéria da Bloomberg afirma que a Apple lançará essa mudança no próximo ano. Suspeitamos que isso acontecerá junto com uma atualização significativa dos esforços de TV da Apple, já que tem muitos programas originais em andamento que devem estar prontos para serem lançados em 2019. A Apple pode formalmente anunciar seus novos programas (assim como nós poderemos assiná-los), juntamente com atualizações significativas para o software da Apple TV, incluindo essa alteração para lidar com assinaturas.

Essa mudança, em especial, é semelhante ao Amazon Channels, lançado em 2015 para permitir que assinantes do Amazon Prime Video acrescentem conteúdo de terceiros e acessem tudo em um só lugar.