Projeto de trem futurista, Hyperloop terá centro de inovação em Minas Gerais

Da Redação
07 de abril de 2018 - 11h06
Startup desenvolverá estudos para aplicar a tecnologia no transporte de carga e produtos; Conceito do transporte foi proposto inicialmente por Elon Musk

Contagem, em Minas Gerais, será um dos endereços para a empresa HyperloopTT, que desenvolve um meio de transporte ultrarrápido proposto inicialmente pelo visionário Elon Musk, CEO da SpaceX, Tesla e The Boring Company. A empresa anunciou nessa sexta-feira (6) a instalação de um centro de inovação e logística na cidade mineira.

Por aqui, a startup se concentrará em desenvolver estudos para aplicar a tecnologia principalmente no transporte de carga e produtos. Segundo comunicado enviado à imprensa, o projeto conta com um investimento inicial de US$ 7,85 milhões, resultado de uma parceria público-privada que inclui a HyperloopTT, a secretaria de desenvolvimento de Minas Gerais e investidores privados.

Segundo Bibop Gresta, presidente da HyperloopTT, Contagem foi escolhida devida a sua posição geográfica estratégica, além de oferecer "alta concentração de grandes indústrias e uma dedicação por inovação", ressaltou em nota. "É um lugar ideal para o HyperloopTT XO Square", completou. A startup também tem parcerias na Eslováquia, República Tcheca, Emirados Árabes, França, Indonésia e Coreia do Sul.

O transporte do futuro

Era 2013 quando o fundador da SpaceX e CEO da Tesla, Elon Musk, anunciava o conceito do futurista Hyperloop. Sua proposta consistia em construir uma rede elevada de tubos pneumáticos onde passageiros poderiam viajar entre dois pontos – nesse caso entre São Francisco e Los Angeles, a uma velocidade de 1.223 Km/h. Tais distâncias poderiam ser percorridas em cerca de 30 minutos.

"O Hyperloop é um novo tipo de transporte... tanto rápido e barato para pessoas e coisas. O Hyperloop é também um conceito de design aberto e único, similar ao Linux. Desejamos ter retorno da comunidade que possa ajudar a avançar seu design e trazer o conceito para a realidade”, escreveu Musk em 2013.

Na época, as pessoas reagirem com certo ceticismo à proposta, dizendo se tratar de uma obra de ficção científica. Mas bem, cinco anos depois e empresas e - até o próprio Musk - mostram que um novo tipo de transporte poderá dar vazão as nossas necessidades cotidianas de ir e vir.

A Virgin Hyperloop One, uma das empresas mais avançadas no projeto, diz que o transporte de passageiros está previsto para começar em 2021 nos Estados Unidos.