Drone desvia e cancela dezenas de voos no Aeroporto de Congonhas

Da Redação
13/11/2017 - 11h28
Aeroporto teve 34 voos desviados. Polícia Militar fez buscas na região para localizar operador da aeronave; se encontrado, responsável poderá ser preso

Um drone que sobrevoou a região do Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, neste domingo (12) causou um verdadeiro transtorno para centenas de passageiros. 

Segundo informações da Agência Brasil, 34 voos foram desviados para aeroportos próximos na noite de ontem e todos os pousos foram suspensos por mais de duas horas. Na manhã desta segunda, o aeroporto já operava normalmente. A Polícia Militar informou que realizou buscas na região para localizar o operador do drone, mas não teve sucesso. 

A Infraero informou que o drone sobrevoou a linha de cabeceira de pouso do aeroporto entre 20h16 e 22h25, prejudicando aviões que tinham São Paulo como destino. As decolagens não foram prejudicadas.

Para atender à demanda, o horário de funcionamento do terminal, que normalmente encerra às 23h, foi estendido para até as 2h50 da madrugada. Nesse período, foram recebidos 24 voos atrasados.

Vale lembrar que em maio deste ano, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) aprovou a regulamentação para a operação civil de drones. Quem opera esses equipamentos de forma irregular pode responder nas esferas administrativa, cível e penal. Se localizado, o operador responsável pelo transtorno deste domingo pode ser preso.